Famílias do Instituto em Ação encerra 2021 com muito esporte e lazer no apoio ao tratamento do câncer

0
94
Esporte e recreação no Instituto Ingo Hoffmann (Divulgação)

Manter-se em movimento é fundamental para a saúde do corpo e da mente. E, mesmo com as restrições ainda impostas pela pandemia de coronavírus, as crianças em tratamento de câncer e seus familiares abrigados no Instituto Ingo Hoffmann, contaram com uma série de atividades físicas e momentos de recreação. As ações foram orientadas pelo projeto Famílias do Instituto em Ação, que chega ao sexto ano em Campinas.

O objetivo do projeto é oferecer mais conforto e qualidade de vida às crianças e suas respectivas famílias em tratamento do câncer, atendidos pelo Centro Infantil Boldrini, hospital referência mundial em tratamento de crianças, no interior paulista. A academia montada no Instituto Ingo Hoffmann tem infraestrutura com esteiras, bicicletas ergométricas, halteres e bola de pilates para os pais, além de profissional que acompanha e instrui as atividades.

As atividades são realizadas com atenção redobrada à higienização do ambiente e uso de máscaras e álcool em gel. Além disso, o revezamento de pessoas dentro da academia garante que o local tenha sempre um número reduzido de praticantes, com maior espaço.

“Durante os exercícios, nosso corpo libera serotonina, um hormônio que promove uma sensação de bem estar e prazer imediato. Assim, fazendo algum esporte, a pessoa combate o estresse e a ansiedade, sintomas mais comuns nos familiares que acompanham as crianças e adolescentes em tratamento oncológico”, aponta a professora Gabriela Silva.

Um dos méritos do projeto Famílias do Instituto em Ação Esporte é levar atividades físicas a quem nunca teve condições de se exercitar. Ao longo do ano, alguns pais e mães vindos de vários estados brasileiros entraram pela primeira vez numa academia e tomaram gosto pela rotina mais saudável.

 

Recreação para as crianças

O projeto Famílias do Instituto em Ação Esporte também contempla as crianças. Para elas, são desenvolvidas atividades esportivas recreativas, respeitando a faixa etária, as condições físicas e o estágio de tratamento de cada uma.

O foco é na diversão e no estímulo de algumas partes fundamentais do corpo, como reflexo e funcionamento do cérebro. Por isso, a professora Gabriela Silva investiu em jogos de tabuleiro, quebra-cabeças e brincadeiras como “batata quente”.

“É muito importante realizar esses tipos de jogos que trabalham com a rapidez do pensamento, dos movimentos corporais, entre outras funções que são afetadas por algum câncer”, explicou a professora Gabriela.

A viabilidade do projeto de esporte, denominado Famílias do Instituto em Ação Esporte, se dá através da Lei de Incentivo ao Esporte, programa de incentivo do Ministério da Cidadania, Secretaria Especial do Esporte e tem como patrocinadores: CI&T, ABL Antibióticos do Brasil, Stoller e WestRock.

O Instituto

O Instituto Ingo Hoffmann é uma entidade beneficente e sem fins lucrativos fundado em 31/08/2005, tendo como missão inicial proporcionar maior oportunidade de cura para crianças em tratamento de câncer, através de uma parceria com o Centro Infantil Boldrini no projeto denominado Casa de Apoio à Criança e à Família. Trata-se de um modelo de moradia temporária.

No total são 30 chalés, divididos em 10 vilas, construídos em um terreno com mais de 6.000 metros quadrados, localizado ao lado do edifício da Radioterapia do hospital. Além das acomodações, o local possui brinquedoteca, biblioteca, academia interna e externa, refeitório e lavanderia.

O objetivo da Casa da Criança e da Família é abrigar crianças em tratamento intensivo de câncer e seus acompanhantes, vindos de diversas regiões do Brasil e da América Latina para fazer tratamento no Centro Infantil Boldrini, e que não têm condições de serem mantidas por suas famílias fora de suas casas.

 

Saiba mais sobre como doar pelo site: http://www.ingohoffmann.org.br