Semana de Vela de Ilhabela tem vitória Xamã na Alcatrazes

0
57

Os resultados oficiais da Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil, regata de abertura da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, foram confirmados na madrugada desta segunda-feira (26). O barco Xamã – Matrix Energia foi o vencedor geral na classe ORC para o percurso de 55 milhas contornando o arquipélago do litoral norte paulista.

A largada da Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil foi realizada no domingo (25), às 12h10, e foi marcada por vento fraco no início, principalmente na saída do Canal de São Sebastião. Após montar a ilha, os barcos conseguiram mais velocidade, com rajadas de até 22 nós em alguns pontos.

O Fita-Azul, título dados ao primeiro veleiro a cruzar a linha de chegada, ficou para o Phoenix, de Eduardo Souza Ramos, que fez a regata em 6 horas e 54 minutos. O mais moderno barco da vela oceânica brasileira ficou em sétimo lugar no geral da classe ORC na Alcatrazes após a correção.

Como os veleiros não são iguais, existe um cálculo para saber quem é o ganhador após a definição de todos os tempos. Isso só é possível fazer após o último veleiro cruzar a linha. Ao todo 18 equipes da classe ORC participaram da regata inicial da Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

”Realmente a vitória foi muito boa para a gente, ficamos muito felizes, nós largamos com uma certa dificuldade! O vento parou na saída do canal, o que para nós não é das melhores coisas, pois o barco é pesado entre os de ponta”, explicou o comandante Sergio Klepacz.

O Xamã – Matrix Energia acertou em cheio nas escolhas táticas do percurso, principalmente na aproximação à chegada a Ilhabela (SP). A aproximação a Toque-Toque na hora certa foi fundamental para o resultado da Alcatrazes. Mérito de Tinah de Jesus, experiente velejador local.

”Nós fomos subindo junto com os concorrentes, eles abriram uma vantagem, contornamos Alcatrazes em uma posição que já não era muito boa, e contávamos com nossa estratégia, o nosso tático veio com uma estratégia até conhecida mas que as outras equipes não usaram que foi orçar sentido a entrada do canal. A gente foi na direção do Toque-Toque e chegando na boca do canal as coisas melhoram”, concluiu Sergio Klepacz.

A segunda posição da Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil foi o Rudá, de Mário Martinez, seguido pelo Asbar IV, Jonas Penteado. O recorde de tempo da Alcatrazes permanece do barco Crioula, marca de 6 horas, 1 minuto e 42 segundos em 2018.

A competição contou ainda com as regatas Ilha de Toque-Toque, de 25 milhas náuticas, e a Renato Frankenthal, de 10 milhas náuticas. Antes do tiro de largada, os mais de 80 barcos fizeram o desfile na frente do píer da Vila e de outros pontos do centro histórico de Ilhabela.

Baixe o Aviso de Regata oficial

A Semana Internacional de Ilhabela fará atividades com crianças de projetos sociais de São Sebastião (SP), Ilhabela (SP), Paraty (RJ) e Praia Grande (SP) no Vela do Amanhã nesta segunda. As regatas da Semana de Vela de Ilhabela voltam na terça-feira (27).

Resultados da ORC na Alcatrazes 

1 – XAMA – Matrix Energia
2- RUDÁ
3- ASBAR IV
4- +BRAVISSIMO
5- ZORRO
6- INAE 40/TRANSBRASA
7- PHONEIX
8- CATUANA KIM
9- JAZZ
10- BRAVO
11- PHYTOERVAS-4Z
12- LOYALTY – 06 – TEAM
13- LUCKY V
14- ITAJAI SAILING
15- BOTO V
16- KING
17- AVENTADOR
18- ORSON