Barcos partem de Alicante para Gênova na última etapa da The Ocean Race Europe

0
41

A última etapa da The Ocean Race Europe segue equilibrada nas primeiras 24 horas de regata entre Alicante, na Espanha, e Gênova, na Itália.

A prova decisiva para IMOCAs e VO65s prevê ventos fracos ao longo das 600 milhas náuticas ou 1.100 quilômetros.

A largada ocorreu no domingo (13) com ventos fortes, mas a intensidade tem diminuindo ao longo das horas.

As duas frotas se espalharam ao passarem pela cadeia de ilhas Baleares, composta por Ibiza, Maiorca e Minorca.

A terceira e última etapa offshore da The Ocean Race Europe conta com 12 barcos  representando nove países.

O Brasil está na prova com Joca Signorini a bordo do Sailing Poland.

A decisão deve ser no photo finish como nas demais etapas! As pontuações na classe IMOCA 60, por exemplo,  dão chances reais de título pata LinkedOut (FRA), Offshore Team Germany (GER) e 11th Hour Racing Team (EUA).

Todos os veleiros citados têm nove pontos.

”A necessidade de nos mantermos na brisa significa que nem sempre estamos navegando no rumo ideal”, disse Annie Lush, da Offshore Team Germany.

”Mas trata-se de encontrar um ângulo que funcione para o vento que temos”.

Da mesma forma, na VO65s, quando ficou claro que o grosso da frota estava posicionada para passar ao sul de Ibiza, a equipe de bandeira holandesa Childhood-I comandada por Simeon Tienpont  optou por ficar ao norte do curso.

”Passamos por uma noite muito leve, ontem não era nosso plano escolher a costa, mas achamos que seria bom jogar contra este lado por mais um tempo”, explicou Tienpont.

”Naquela época, estávamos comprometidos com uma rota para o norte, enquanto o restante seguia para o sul”.

Veja o tracker aqui — https://www.theoceanrace.com/en/europe/racing/tracker

Classificação geral — https://www.theoceanrace.com/en/europe/scoreboard

Texto: Flávio Perez