Dupla de Bruno Prada ganha todas as regatas da Bacardi Cup

0
53
2021 Bacardi Cup Invitational Regatta / © Matias Capizzano

O polonês Mateusz Kusznierewicz e o brasileiro Bruno Prada conquistaram o bicampeonato da Bacardi Cup Invitational Regatta na classe Star neste sábado (13), evento disputado na Baía de Biscayne, em Miami, nos Estados Unidos.

A dupla campeã mundial de 2019 da categoria teve um desempenho perfeito com 100% de aproveitamento na competição. Ou seja, os dois venceram oito das oito regatas programadas!

A medalha de prata ficou com a dupla Eric Doyle (EUA) e Payson Infelise (EUA) e o bronze para Augie Diaz (EUA) e Marcus Koy (ALE).

O resultado coloca Bruno Prada no topo da lista de brasileiros vencedores da Bacardi Cup na Star, ao lado da dupla Lars Grael e Samuel Gonçalves, com duas taças cada.

O título nos Estados Unidos é mais um para a vitoriosa galeria de Bruno Prada, que tem duas medalhas olímpicas em Pequim 2008 e Londres 2012, SSL Star Sailors League, além de cinco títulos mundiais de Star (2007, 2011, 2012, 2016 e 2019).

”Uma semana praticamente dos sonhos. Ganhamos as oito regatas possíveis! Eu não lembro de ter feito isso em nenhum evento internacional. Em eventos nacionais com Robert Scheidt algumas vezes”.

”Mas hoje foi em um evento deste nível, repetindo o resultado do ano passado. A Bacardi é uma dos mais desejadas na classe Star e da vela mundial. Então estou muito feliz de ter ganho”, comemorou o medalhista olímpico Bruno Prada.

”Tivemos uma semana que começou com muitos ventos! Mais complicado para quem estava parado e tivemos apenas um dia para treinar”.

”Acho que a vantagem que tivemos foi usar o mesmo barco do ano passado. Foi justamente o Star que ganhamos o Mundial, em 2019. Um barco que estamos acostumados, que já estamos adaptados”.

Mas para ser campeão da Bacardi Cup Invitational Regatta, Bruno Prada teve de superar o desafio de conseguir sair do Brasil com todos os problemas relacionados à pandemia de COVID-19.

”O ponto super importante foi a dificuldade de vim para cá com fronteiras fechadas. Tivemos que ter apoio do Comitê Olímpico Americano e da Federação de Vela Americana, que me ajudou muito! A semana foi muito boa”.

”Eu estava há um ano sem subir no barco, sem treino e com muita vontade de velejar”, disse Bruno Prada, que também é o organizador do L’Étape Brasil by Tour de France, principal prova de ciclismo amador do País.

Resultado Final:

1- Mateusz Kusznierewicz/ Bruno Prada = 7 pontos perdidos

2- Eric Doyle / Payson Infelise = 22 pp

3- Augie Diaz / Marcus Koy = 25 pp

4- George Szabo / Gif Avellon = 28 pp

5- John MacCausland / Phil Trinter = 32 pp

6- Hubert Merkelbach / Kilian Weise = 36 pp

7- John Ferguson Dane III / Att Anisov = 54 pp

8- Jim Buckingham/ Phil Toth = 59 pp

9- Joshua Powell / Mark Strube = 62 pp

10- Shane Zwingelberg/ Rick Burgess = 71 pp

Site oficial