Ubatuba Sailing Festival define os campeões no feriado de 7 de setembro

0
43

Parecia que este último dia do Ubatuba Sailing Festival ia “passar em branco”. Vento quase zero por volta do meio-dia ameaçava antecipar a volta dos competidores que já aguardavam por mais de uma hora boiando nas águas tranquilas da costa de Ubatuba, mas…

Eis que um vento “quase sul” deu as caras por volta da uma hora da tarde e a comissão de regatas não tardou a colocar os competidores “para correr” em uma regata barla-sota curta, para não correr o risco de estragar o terceiro dia de excelentes regatas.

Com vento fraco, na casa dos 8 nós, mar tranquilo e tarde ensolarada, a última regata da competição ratificou a boa campanha de várias equipes que não tiveram dificuldade para levar para casa um dos belos troféus em homenagem ao veleiro Brasil 1.

Foi o caso do Ruda/Blue Seal, de Mario Martinez, que venceu todas as quatro regatas da classe IRC. Coroando um campeonato impecável foi o primeiro colocado mostrando um velejar com muita qualidade.

Em segundo, na classe, o King, de Fabio Faccio, que com três segundo lugares e um terceiro. Por fim, na terceira colocação, Avohai, de Lars Grael.

“Eu acho que o Ubatuba Sailing Festival, uma competição que começou pequena, é um evento que cada vez mais vem ganhando espaço na vela de oceano nacional e está gerando uma reputação muito positiva para o Ubatuba Iate Clube, que nos recebe sempre muito bem. É de fato um prazer estar aqui velejando com estas equipes”, comentou Lars Grael.

O vencedor da RGS A, Torben Grael, comandando o veleiro Lady Lou, destaca que a competição, “apesar de ter o nome festivo tem uma dificuldade no velejar, porque é um local de ventos normalmente fracos e uma área com ondas. Não é a toa que temos aqui a ilha do Mar Virado. A gente tem muitos barcos de cruzeiro, como o meu, e a receptividade do clube com os participantes torna o evento muito agradável”.

Torben e a equipe do Lady Lou conquistaram a primeira colocação vencendo todas as quatro regatas, mas, entre o segundo e o terceiro colocados da classe a regata de percurso longo fez a diferença na somatória final em favor do Zeus. A equipe chegou em terceiro nesta regata enquanto o o Kamua, de José L. Ortega, foi o quarto.

Esta melhor colocação garantiu ao Zeus o segundo lugar. A equipe somou 7 pontos, contra 8 do Kamua.

Na RGS B as coisas foram mais espaçadas. O Fugaz SP, de Fernando Filoni, foi o vencedor, com 6 pontos acumulados, contra 8 do Escapada, de Eloi J. C. Souza. Em terceiro, na classe, o Mahalo, de Raphael M. de Paula, com 12 pontos.

A Classe C 30, confirmando o equilíbrio que lhe é peculiar terminou com os dois competidores rigorosamente empatados. Tanto o Kaikias/Via Italia, de Eduardo Mangabeira, quanto o Caballo Loco, de Mauro Dottori, venceram duas regatas e, naturalmente, tiveram dois segundo-lugares.

A decisão ficou pelo critério de desempate. A primeira vitória da competição foi do Kaikias, o que lhe rendeu a primeira colocação geral.

Na classe Multicasco o Maré XX, de Benoit Joufflineau, com três vitórias nas três regatas realizadas, foi o campeão. Em segundo, o Reforça, de Armando Oliveira, com 7 pontos. Logo atrás, em terceiro, o Guará III, de Valdeci Gonçalves, com 8 pontos.

E, na Bico de Proa, o troféu de primeiro lugar ficou para o Vó Monik, de Sidnei F. Plácido, com 4 pontos acumulados. Somando 7 pontos em quatro regatas, o Raggae, de Fabio Boranga foi o segundo. Na terceira colocação da classe, o Marvin, de Josimar Nascimento, com 11 pontos.

Vale lembrar que os resultados das classes IRC e RGS são válidos também para o Campeonato Paulista, disputado em etapa única, aqui no Ubatuba Sailing Festival.

A tarde terminou com a premiação das equipes, no salão social do Ubatuba Iate Clube.

“O Ubatuba Sailing Festiva é uma regata muito importante para o nosso clube. Não foi fácil organizá-la, mas ao final do evento tenho a sensação de que todos saíram felizes. Tivemos regatas de nível técnico muito bom, espero que tenhamos conseguido contemplar e satisfazer todas as classes.

Eu queria aproveitar e convidar todos para participarem do Troféu das Ilhas, uma competição de regatas de percurso que realizaremos no feriado de 12 de outubro.

Muito obrigado a todos que participaram, aos nossos apoiadores, nossos colaboradores, equipe técnica e todos que nos ajudaram a tornar esta edição tão especial”, resume Alex Calabria, diretor adjunto de vela do Ubatuba Iate Clube.

A 11ª edição do Ubatuba Sailing Festival teve apoios da North Sails, Balaio de Ideias, Tintas International, Farol das Tintas, Postos Flutuantes Imola e Monaco, Farma Conde, VBros, Renew Boats, Telesmar, Secretaria de Esportes de Ubatuba, BRA-RGS, ABVO, e FEVESP.