Stoffel Vandoorne (Mercedes Benz EQ) vence campeonato virtual da F-E

0
93

O piloto Stoffel Vandoorne (Mercedes Benz EQ) conquistou, neste domingo (07), o título do Desafio ABB Formula E Race at Home, competição virtual realizada em apoio a UNICEF no combate ao coronavírus.

O belga somou 154 pontos contra 130 do vice-campeão, o alemão Pascal Wehrlein (Mahindra Racing).

O resultado foi decidido apenas na oitava e última prova, realizada no circuito virtual do Aeroporto de Tempelhof, em Berlim na Alemanha.

Stoffel Vandoorne ficou na segunda colocação na corrida virtual final, que teve o britânico Oliver Rowland (Nissan e.Dams) como ganhador.

O também candidato ao título e vencedor das duas primeiras provas da competição, Maximilian Guenther (BMW i Andretti Motorsport), completou o Top-3 na terceira posição.

O campeonato estava em aberto neste domingo, com dois candidatos com mais chances: o alemão Pascal Wehrlein e o belga Stoffel Vandoorne.

Logo nas primeiras voltas, Pascal Wehrlein se enroscou com Stoffel Vandoorne e perdeu posições, abrindo caminho para a conquista do belga. “Antes de mais, estou muito feliz por vencer este desafio, foi um dia difícil”, disse Stoffel Vandoorne. 

”O início foi muito caótico, tive um duelo com o Pascal, que rodou!”

”Seria bom ter uma luta adequada na pista, mas também tive azar em algumas corridas, por isso é um campeonato merecido para nós”.

Entre os brasileiros, enquanto Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler) largou em 20º e terminou em 19º. Ele não somou pontos no desafio!

Já Felipe Massa (ROKiT Venturi Racing) fez uma boa largada, saltando da 15ª posição para a 8ª. O piloto paulista ficou três vezes no Top-10.

A Mercedes Benz EQ ficou com o título de construtores, seguida pela Nissan e.Dams.

Sobre a corrida final

O domingo começou com Oliver Rowland cravando a Julius Baer Pole Position, comprovando seu ótimo desempenho na segunda metade da competição.

Na largada, o britânico da Nissan e.Dams se manteve em posição segura e em nenhum momento chegou a ser ameaçado pelos demais pilotos, vencendo a corrida de ponta a ponta.

Enquanto isso, Pascal Wehrlein, que levou a pior na segunda curva e caiu de terceiro para 21º, foi obrigado a fazer uma prova de recuperação para tentar chegar entre os dez primeiros e se manter na luta pelo título, uma vez que a pontuação da corrida final era dobrada.

O piloto alemão da Mahindra ganhou muitas posições e terminou a prova na 9ª colocação, que não foi o suficiente para conquistar o título do Desafio ABB Formula E Race at Home.

Mas o grande nome do dia foi Stoffel Vandoorne, que terminou em todas as oito provas do Desafio ABB Formula E Race at Home entre os cinco primeiros colocados.

Além de ter vencido a sexta etapa disputada em Nova Iorque, cravou quatro Julius Baer Pole Position, e fechou o campeonato 24 pontos à frente do segundo colocado, Pascal Wehrlein.

Todos os vencedores

Etapa 1 – Hong Kong: Maximilian Guenther (BMW i Andretti Motorsport)
Etapa 2 – Electric Docks/New Jersey: Maximilian Guenther (BMW i Andretti Motorsport)
Etapa 3 – Mônaco: Pascal Wehrlein (Mahindra Racing)
Etapa 4 – Hong Kong: Pascal Wehrlein (Mahindra Racing)
Etapa 5 – Berlim: Oliver Rowland (Nissan e.Dams)
Etapa 6 – New York: Stoffel Vandoorne (Mercedes Benz EQ)
Etapa 7 – New York: Pascal Wehrlein (Mahindra Racing)
Etapa 8 – Berlim: Oliver Rowland (Nissan e.Dams)

Challenge Grid

Na decisão do Challenge Grid, competição formada por e-gamers e influencers, o esloveno Kevin Siggy resistiu a uma intensa batalha nas primeiras curvas com seu principal adversário na competição virtual, Lucas Mueller, e venceu pela quarta vez no campeonato.

Ele garantiu o título e a oportunidade de pilotar um Gen2 real quando a sexta temporada da Fórmula E for retomada.

“É real, não é! Não acredito, não tenho palavras para dizer a verdade”.

”Estou muito feliz por ter terminado do jeito que terminou e mal posso esperar para dirigir o carro de verdade”, comemorou Kevin Siggy.