Fórmula E: Rowland vence corrida virtual em Berlim; Wehrlein segue na liderança

0
115
Foto: Fórmula E

A quinta etapa do Desafio ABB Fórmula E Race at Home foi disputada neste sábado (23), no circuito virtual do Aeroporto de Tempelhof, em Berlim, na Alemanha.

A corrida online foi vencida pelo britânico Oliver Rowland (Nissan e.Dams) após seguidas trocas de posições com o belga Stoffel Vandoorne (Mercedes Benz EQ) e o alemão Pascal Wehrlein (Mahindra Racing), segundo e terceiro, respectivamente.

A competição reúne todos os competidores da sexta temporada da ABB Fórmula E e apoia projetos sociais da UNICEF.

Pela terceira vez em cinco provas realizadas do Desafio ABB Formula E Race at Home a Julius Baer Pole Position ficou com Stoffel Vandoorne. Largou ao seu lado na primeira fila o vencedor do ePrix de Berlim em 2018, o alemão Daniel Abt (Audi Sport ABT Scaheffler).

Desta vez, a maioria dos pilotos passou pela primeira curva e apesar de ter conseguido se manter na liderança por algumas curvas, Vandoorne acabou sendo ultrapassado por DanielAbt e Oliver Rowland, caindo para terceiro.

Vandoorne e Abt alternaram na liderança durante as primeiras cinco voltas, até que na sexta volta, ambos se chocaram em uma curva e Rowland aproveitou para assumir a primeira posição pela primeira vez na competição virtual.

Um pouco mais atrás, os alemães Pascal Wehrlein (Mahindra Racing) e Maximilian Guenther (BMW i Andretti Motorsport) travavam um duelo pela quarta colocação e consequentemente, a liderança da competição. E o piloto da equipe indiana levou a melhor, enquanto o compatriota da BMW rodou e caiu para o oitavo lugar.

Lá na frente, Vandoorne ultrapassou Abt e partiu para o ataque ao líder, Rowland. Mas o piloto britânico suportou a pressão e recebeu a bandeirada na primeira colocação, dando um fim ao domínio alemão no Desafio Virtual justamente na etapa de casa da dupla Wehrlein – Guenther.

Vandoorne e Wehrlein completaram o pódio, e com a terceira colocação o piloto da Mahindra conquistou pontos o suficiente para se manter na liderança do campeonato virtual. Por sua vez, Guenther terminou em 6º e caiu para a terceira colocação na tabela de classificação.

Já os pilotos brasileiros não conseguiram terminar a prova no Top-10. Felipe Massa (ROKiT Venturi Racing) largou em 17º e chegou em 13º, enquanto Lucas di Grassi ficou em 23º, após ter lagrado da última posição do grid.

Ao final da prova, os comissários desclassificaram o piloto alemão Daniel Abt, que havia cruzado a linha de chegada em terceiro, por conduta anti-desportiva. Além da eliminação da corrida virtual deste fim de semana, Abt fará uma doação obrigatória de € 10.000 (dez mil euros) a uma instituição de caridade de sua escolha.

Na primeira etapa virtual do dia, o especialista em corridas de simuladores Kevin Siggy conquistou uma vitória imponente na Challenge Race, consolidando a liderança do campeonato, 29 pontos a frente do segundo colocado na tabela de classificação.

O esloveno perdeu para o alemão Lucas Mueller na corrida realizada na semana passada, mas se recuperou com uma vitória de ponta a ponta na etapa deste sábado em Berlim pilotando o carro da equipe alemã BMW I Andretti Motorsport, após ter largado na Julius Baer Pole Position.