Class40 define campeão na Transat Jacques Vabre; Já sabemos todos os vencedores

0
237

Os franceses Ian Lipinski e Adrien Hardy a bordo do Crédit Mutuel se tornaram campeões da 14ª Transat Jacques Vabre Normadie Le Havre na madrugada desta quinta-feira (14).

Primeiro Class40 a cruzar a linha de chegada, os dois atracaram na Baía de Todos-os-Santos depois de 17 dias, 16 horas, 21 minutos e 23 segundos da largada em Le Havre (França).

Os dois percorreram 4.714,35 milhas náuticas, cerca de 8.700 km, com uma média de 11,11 nós, quase 20,6 km/h.

O novo barco demonstrou uma velocidade surpreendente no vento comercial e manteve a liderança desde a saída dos Doldrums.

O estreante Ian Lipinski é antes de tudo um amante do mar. Uma paixão que rapidamente o levou à competição. O skipper tem um histórico excepcional no Mini Transat, ele é o único a vencer nas duas categorias (série e protótipo).

“Esta regata foi dividida em várias partes. Uma primeira bastante estratégica, depois outra de velocidade pura, onde o barco mostrou que está ótimo, que acelerava e que nunca parava. O último foi mais cruzeiro, não havia muita coisa acontecendo e tivemos tempo de preservar o barco!”, comentou Ian.

Seu parceiro, Adrien Hardy, participou uma vez da Transat em 2015, quando terminou em sexto na classe IMOCA. O velejador escolheu cedo seu caminho para as regatas de oceano. Ele participou do circuito Figaro Bénéteau: 5 vitórias do Solitaire, 2º no geral em 2017, vencedor do Generali Solo em 2013 e Lorient – Horta Solo em 2014.

“Nunca é óbvio o que pode acontecer em um transatlântico, é cheio de surpresas. É verdade que fiquei surpreso com a velocidade do barco, que foi incrível. Acho que podemos agradecer a todos que projetaram e construíram o Crédit Mutuel porque realmente não tivemos problemas técnicos. Nunca tivemos que sair da caixa de ferramentas, acho que nunca aconteceu em uma regata. Foi fácil, muito bom. Estávamos na frente no momento certo, quando começou a se esticar na frente e ficou mais fácil controlar os outros”, completou Adrien.

São agora 21 veleiros na Class40 que percorrem a Rota do Café no momento. Seis barcos da classe tiveram que abandonar a competição: BeijaFlore, Entraide Marina- ADOSM, Kiho, Lamotte – Module Creation e SOS Mediterranee.

Na sexta-feira (8) tivemos a chegada do primeiro barco da 14ª Transat, o Multi50 Groupe GCA. A partir daí chegaram os outros dois da classe,  além dos 23 IMOCAs, os quatro barcos restantes da classe devem chegar entre amanhã (13) e quinta-feira (14).

A Transat Jacques Vabre chega ao Brasil pela oitava vez, sexta em Salvador. A competição, que é considerada uma das maiores de duplas no mundo, tem previsão de ir até quarta-feira (20), quando chegará o último Class40.