Groupe Setin termina Transat Jacques Vabre na 22ª posição

0
178

Com a chegada do Groupe Setin na noite desta terça-feira (12) na Baía de Todos-os-Santos, a 14ª Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre soma agora 25 barcos atracados em Salvador.

O barco dos franceses Manuel Cousin e Gildas Morvan é o 22º colocado na classe IMOCA. A dupla percorreu o caminho de Le Havre para Salvador (BA) em 16 dias, 11 horas 22 minutos e 47segundos, com uma velocidade média de 11,79 nós nós.

A distância percorrida foi de 4 663.35 milhas náuticas e a diferença para o primeiro na classe, o Apivia, foi de 2 dias 23 horas 14minutos e 47seg.

Manuel participou de duas Transats (2015 e 2017) e Gildas Morvan de uma em 2007.

No final da regata da Transat Jacques Vabre de 2017 com Arnaud Boissières, Manuel comprou seu barco Farr Yacht Design de 2007 e lançou o projeto IMOCA, com o objetivo da Vendée Globe 2020. Ele ganhou o respeito de seus colegas ao terminar todas as regatas em 2018, incluindo a Rota do Rum em décimo quarto lugar.

No sábado (09) tivemos a chegada do primeiro barco na 14ª Transat, o Multi50 Groupe GCA. A partir daí chegaram os outros dois da classe, além dos 22 IMOCAs, cinco barcos da classe devem chegar entre amanhã (13) e quinta-feira (14). A IMOCA teve o abandono de dois veleiros, o milionário Hugo Boss e o MASCF.

A competição tem ainda os barcos “mais lentos” da Class40 para chegar, todos a partir do dia 14. São 22 que percorrem a Rota do Café no momento. Seis barcos da classe tiveram que abandonar a competição: BeijaFlore, Entraide Marina- ADOSM, Kiho, Lamotte – Module Creation e SOS Mediterranee.

Na noite desta quarta-feira (13) a Transat organiza, para os primeiros colocados das duas classes em que o pódio já está definido, uma premiação e confraternização a partir das 19h no Terminal Turístico Náutico da Bahia.

Salvador recebe a prova pela sexta vez e o Brasil pela oitava.