GROUPE CGA – MILLE ET UN SOURIRES MENOS DE 400 QUILÔMETROS DE SALVADOR (BA)

0
145
GCA - Transat Jacques Vabre 2019

Regata entre Le Havre, na França, e Salvador, na Bahia, conhecerá seu primeiro campeão na noite desta quinta-feira (7). Percurso tem ao todo 8 mil quilômetros

O multicasco Groupe CGA – Mille et un Sourires está perto de se tornar o vencedor da classe Multi50 da regata Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre 2019.

Já em águas brasileiras, os franceses Gilles Lamiré e Antoine Carpentier devem completar a prova no fim da noite desta quinta-feira (7).

A previsão para cruzar a linha de chegada na Baía de Todos-os-Santos subiu para às 23h por conta dos ventos na aproximação a Salvador (BA).

O Groupe CGA – Mille et un Sourires se tornará também o Fita-Azul da Transat Jacques Vabre. Essa expressão é usada para o primeiro barco de toda a flotilha chegar no porto final.

A regata largou de Le Havre, na França, com 59 duplas de três classes. O percurso tem ao todo 8 mil quilômetros até a capital baiana, que receberá os competidores no Terminal Turístico da Bahia, atrás do Mercado Modelo.

Apesar da virtual vitória, os franceses Gilles Lamiré e Antoine Carpentier não cantam vitória antes do tempo.

“Em um multicasco, você comete um erro e o barco vira. Portanto, desde que você não tenha cruzado a linha, não há vitória. A única variável hoje somos nós. Cabe a nós não cometer erros”, disse Gilles Lamiré.

O segundo colocado na Multi50 é o Solidaires En Peloton – ARSEP, que deverá terminar a regata no início da manhã desta sexta-feira (8).

O Primonial também deve completar a regata na mesma data, só que no período da noite.

Enquanto isso, a maioria da flotilha da classe IMOCA sofre com tempestades, chuvas torrenciais e falta de vento nos Doldrums, ainda tendo 25% do percurso pela frente.

O veleiro Apivia lidera por enquanto com mais de 250 quilômetros de frente para o Charal. Na sequência aparecem PRB e Banque Populaire.

Na flotilha da Class40, um pouco mais atrás do que Multi50 e IMOCA, o Credit Mutuel segue dominando as ações, mas os dois velejadores diminuíram a velocidade no início dos Doldrums.

A previsão é que o primeiro colocado da categoria dos 40 pés da Transat Jacques Vabre termine a regata na quarta-feira (13). Ao todo, 22 veleiros da classe seguem em disputa no Atlântico.