Coluna do repórter Adilson Pacheco – Itajai vai receber a parada brasileira da The Ocean Race!

0
231

 

Coluna do Adilson Pacheco –Jornalista, Editor do Regatanews.com.br e Executivo da  Editora Digital APBC
Contato com colunista: adilsonpacheco@regatanews.com.br

 


Nada definido

Barrigada ou furo de reportagem, bom em tempo de fake-news, preferimos dar a notícia de primeira mão aqui na coluna.  Com todas às letras: Itajai vai receber pela quarta vez a parada da regata volta ao mundo – The Ocean Race. Não é uma posssibilidade é uma afirmação – a cidade volta a ser o único de parada da maior e mais desafiadora regata da terra! Entendeu? Estou afirmando com todas às letras: Itajai é sede da parada brasileira da The Ocean Race.

Algumas informações apontam que a divulgação vai acontecer na próxima semana. Em conversa com o prefeito Volnei Morastoni, ele foi enfático “era para acontecer a divulgação em setembro, agora estamos na expectativa para a próxima semana”.

A largada ocorre em Alicante em outubro de 2020,


Era para ser em setembro

Era para ser divulgada no início de setembro, mas acredito que possa acontecer na próxima semana” disse o prefeito Volnei Morastoni na abertura da Marejada na noite de terça feira a este repórter.


Fontes para uma boa informação!

Durante a manhã de terça feira – movimentamos mais de 60 fontes no Brasil, Inglaterra, França e Espanha – visando saber se a The Ocean Race vem para Itajai ou São Sebastião. Ao final o resultado: ninguém soube precisar qual das duas cidades sediariam a regata volta ao mundo.

Um dos entraves em São Sebastião é o afastamento do cargo do atual prefeito.


Governo de São Paulo no caminho!

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Turismo do Governo de São Paulo – informou que o atual Secretário Vinicius Lummertz – não está participando das negociações com a The Ocean Race. O Catarinense Lummertz viu de perto o resultado econômico de uma regata do porte da volta ao mundo.  Os royalties do Petróleo abocanhado por São Sebastião, parece que não estão sensibilizando a direção da regata exponha no sentido de trocar de parada brasileira,


Brasileiro na The Ocean Race

Pois é, uma fonte aponta que a próxima The Ocean Race – o vai contar um mais representantes feminino e masculino. Na edição passada esteve a brasileira Martine Grael e o Joca Signorini. A fonte entretano não precisou qual brasileiro vai estar, mas afirmou: “Vamos ter brasileiro na The Ocean Race”


A World Sailing, entidade que rege a vela mundial, anunciou que as edições 2021-22 e 2025-26 da The Ocean Race ganharam a chancela de evento especial.

 

World sailing premia The Ocean Race com status de evento especial

A The Ocean Race passa a ter a chancela da World Sailing de evento especial da modalidade. A entidade máxima da vela mundial reconheceu a força da regata de volta ao mundo, um dos desafios mais difíceis do esporte.

A competição terá duas classes em disputa nos mares do planeta. Ao lado da VOR65 entra o monotipo IMOCA60, barco com alta tecnologia e usado em grandes regatas oceânicas. A Ocean Race está programada para começar em Alicante, Espanha, no quarto trimestre de 2021, e terminar em Gênova, Itália, na metade de 2022.

As cidades-sede estão sendo definidas, mas a organização já confirmou também Aarhus (Dinamarca), Haia (Holanda), e Cabo Verde como stopovers


Itajaí Sailing Team ganha reforço para Regata Marina Itajaí Marejada

 

O Itajaí Sailing Team disputa no sábado (12) a Regata Marina Itajaí Marejada e leva como velejadores convidados o superintendente administrativo da Portonave S/A – Terminal Portuário Navegantes, Osmari Castilho Ribas; e o diretor da Marina Itajaí, Carlos Oliveira. O percurso da tem aproximadamente 35 milhas náuticas, o equivalente a 65 km de distância, compõe uma das etapas da Copa Veleiros do Oceano [considerada a maior competição de vela oceânica de Santa Catarina] e a final do Campeonato Catarinense de Oceano. O time será comandado pelo capitão e manager Alexandre Santos.

 

VelaShow 2020 planeja regatas para a segunda edição do evento

A organização do VelaShow 2020 deverá abrir as portas para as principais classe de oceano e de monotipos para a competição que leva o nome do evento. A feira será realizada de 3 a 5 de abril do ano que vem, em Niterói (RJ), uma das referências da modalidade no País. O Clube Naval Charitas será a sede da primeira plataforma de comunicação e negócios exclusivamente voltada para a vela no Brasil. O juiz internacional de regatas Alexandre Albuquerque, com participação na Rio 2016, será o responsável pelas provas na Baía de Guanabara.

As regatas serão nos dias 4 e 5 de abril com os barcos das classes RGS, ORC, IRC e Bico de Proa abrindo o calendário, depois uma competição para os monotipos Laser e Dingue, sem contar a categoria de introdução à vela, o Optimist. ”Será uma regata festiva comemorando o VelaShow e que nós vamos colocar um tamanho de percurso que os velejadores de cruzeiro também possam participar. A ideia é que eles participem das palestras e workshop, além de competirem na água”, explicou Rogério Albuquerque.


Mundial de Snipe 2019 reúne campeões olímpicos, mundiais e pan-americanos em Ilhabela (SP)

Fotos: Eduardo Castro

As provas começaram a ser disputadas nesta terça-feira (8), na Escola de Vela Lars Grael com 70 duplas
As regatas principais do Mundial de Snipe 2019 começaram a ser disputadas na terça-feira (8), na Escola de Vela Lars Grael, em Ilhabela (SP). O evento terá ao todo 70 duplas de 11 países: Argentina, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Itália, Japão, Noruega, Peru, Portugal e Uruguai.
Estão previstas ao todo nove regatas com dois descartes dos piores resultados. A previsão para as primeiras provas é de ventos de média intensidade, na direção sul. Nesta segunda-feira (7), foi realizada a reunião dos comandantes, com as presenças de atletas e dos árbitros.
O Mundial de Snipe conta com nomes de ponta da modalidade, inclusive medalhistas olímpicos, campeões mundiais e pan-americanos. A espanhola Angela Pumariega, ouro no Match Race de Londres 2012, fará dupla com o compatriota Martin Gallego.