ATENÇÃO VELEJADORES: VelaShow terá mais de 50 barcos em Itajaí (SC)

0
134

O VelaShow, primeira feira náutica dedicada à veleiros do país, começa nesta sexta-feira (19), com a disputa de regatas para crianças na classe Optimist em Itajaí (SC). O evento também terá provas para as categorias dos barcos Shelback e Ibis Rubra, embarcações de madeira construídos na própria cidade.

As duas regatas serão realizadas no Saco da Fazenda em frente a ANI – Associação Náutica de Itajaí, que fica ao lado do Centreventos, local da feira, a partir de 13h.

Neste sábado, o VelaShow recepcionará em Itajaí o Velejaço, flotilha de veleiros com saída de Florianópolis e São Francisco do Sul, ambas em Santa Catarina.

Veja o aviso de regata aqui. 

Ao todo, mais de 50 barcos divididos entre monotipos, oceano e multicasco são esperados no Centreventos, local que sediou as últimas três edições da Volvo Ocean Race (2012, 2015 e 2018).

”Eventos como o VelaShow alavancam projetos na cidade e elevam a cultura náutica local. Itajaí, por meio da ANI, está no cenário nacional da modalidade e forma campeões em classes como Optimist e motiva velejadores a fazer expedições pelo Brasil e pelo mundo a bordo de um veleiro”, Fabiano Zucco, presidente da ANI.

No sábado (20), o evento promoverá a regata VelaShow nas proximidades da Praia de Cabeçudas, com percurso a ser definido pela comissão de regata. Essa prova será realizada para prestigiar os veleiros de oceano participantes e presentes em Itajaí.

”O VelaShow é mais um evento de alto nível que recebemos em Itajaí. Acredito que mais jovens vão se interessar pela modalidade daqui pra frente”, disse Cláudio Copello, organizador das regatas.

A cidade de Itajaí (SC) é conhecida por sediar regatas importantes como a Volvo Ocean Race e a Transat Jacques Vabre. Itajaí está na briga para ser novamente a parada brasileira na The Ocean Race, edição de 2021/22.

O VelaShow vai reunir além das regatas, palestras, workshops, exposição de barcos, produtos e serviços náuticos. Já estão confirmados 40 expositores, incluindo fabricante de velas de regata, estaleiros e empresas do segmento de turismo.

A inédita feira alavanca não só o setor náutico, mas a economia de Itajaí. Só a Marina Itajaí, que fica ao lado do Centreventos, tem sua capacidade de ocupação máxima, ou seja, as 200 vagas molhadas estão ocupadas por veleiros.

 

Para saber mais sobre o evento, acesse o site: www.velashow.com.