Extreme Sailing Series volta em 2019

0
291
The Extreme Sailing Series 2018. Act7. Los Cabos. Mexico Photo credit - Lloyd Images

Saiba mais sobre a categoria

A Extreme Sailing Series invadiu a cena de vela profissional em 2007 e, desde então, mudou a maneira de fazer eventos.

Na água, on-line, ou na TV, o pioneiro formato do Stadium Racing estabeleceu novos padrões na indústria de navegação, abrindo o caminho para quase todos os eventos profissionais de vela que se seguiram.

Em 2019, a marca Extreme Sailing Series deve continuar em uma nova direção, já que os organizadores da OC Sport confirmam que deixarão de administrar o circuito.

A regata esteve no Brasil uma vez em novembro de 2013, em Florianópolis (SC) e contou com um barco misto brasileiro.

Os organizadores da parada da Volvo Ocean Race de Itajaí tentaram trazer o evento para a cidade nas últimas temporadas.

A empresa OC Sports foi a responsável pela campanha do Dongfeng Race Team, campeão da última edição da The Ocean Race.

Detalhes da venda da marca Extreme Sailing Series serão revelados em breve.

The Extreme Sailing Series 2018. Act7. Los Cabos. Mexico
Photo credit – Lloyd Images

”A Extreme Sailing Series tem sido uma parte fundamental do nosso negócio há 12 anos. Quando lançamos a série, decidimos mudar a maneira de ver a vela, estimulada por uma competição de nível internacional”.

”Queríamos fazer a diferença no esporte e acreditamos que fizemos isso”, disse em um comunicado, Herve Favre, CEO da OC Sport.

”A marca Extreme Sailing Series tornou-se sinônimo de competição, hospitalidade e produção de mídia de nível internacional”.

”Para que a marca continue, estamos trabalhando há algum tempo em um contrato de Gerenciamento de Compra que estamos muito próximos de finalizar”.

”Isso levará a Série à uma nova direção com uma visão clara e estamos entusiasmados em poder revelar mais detalhes nas próximas semanas sobre o futuro da marca Extreme Sailing Series”.

”No entanto, olhando para o futuro, e embora tenhamos explorado muitos modelos de negócios diferentes, devido a vários sucessos comerciais além do nosso controle nos últimos anos, a difícil decisão foi tomada de que não é mais viável financeiramente para a OC Sport continuar”.

A OC diz ainda que vela continua a ser um esporte chave para a empresa, mas que ”já era hora de mudar nossa estratégia”.

A empresa montou uma base francesa em Lorient chamada “Le HUB by OC Sport”, que oferece uma solução de serviço completo para as campanhas internacionais de navegação offshore.