Velejadores do ICSC brigam por vagas no Pan no último dia de Copa Brasil de Vela

0
163

 

 Bruno Fontes (foto) lidera no Laser e Matheus Dellagnelo/Isabela Rocha de Faria brigam por vaga no Snipe - Foto: Gabriel Heusi/Heusi Action

Bruno Fontes (foto) lidera no Laser e Matheus Dellagnelo/Isabela Rocha de Faria brigam por vaga no Snipe – Foto: Gabriel Heusi/Heusi Action

Florianópolis  – O vento perdeu intensidade e a sexta-feira foi de regatas técnicas e muita paciência por parte dos velejadores que disputam a Copa Brasil de Vela, na Sede Oceânica do Iate Clube de Santa Catarina, em Jurerê. Com 5-7 nós de intensidade, as condições forçaram a organização a postergar o início de algumas regatas, além de adiar outras programadas para o dia para o sábado, quando serão conhecidos os campeões do evento, os classificados para o Pan-Americano e a formação da equipe olímpica. Entre os candidatos alguns velejadores do ICSC se sobressaem e chegam com ótimas condições de ficar com as vagas, entre eles Bruno Fontes, no Laser Standard, e Matheus Dellagnelo e Isabela Rocha de Faria, no Snipe.

Líder da competição desde o primeiro dia, Bruno manteve a ponta mesmo chegando em segundo na única regata do dia para a classe Laser Standard. Com 10 pontos perdidos o catarinense tem três de vantagem para Robert Scheidt, vencedor da regata desta sexta. “O vento perdeu força e só fizemos uma regata nesta sexta. Foi uma dia bem difícil e que exigiu bastante de todos os velejadores. Como eu disse o campeonato será definido apenas na última regata e eu farei de tudo para conseguir buscar a vitória”, avalia Bruno Fontes.

Assim como no Laser o Snipe contou com apenas uma regata e a disputa segue aberta com diversas duplas com chances. Entre os catarinenses, Matheus Dellagnelo e Isabela Rocha de Faria aparecem em terceiro lugar apenas três pontos atrás da dupla líder Mário Junior e Amanda Rodrigues, de Ilhabela. Logo atrás, em quarto, também do ICSC, aparecem Daniel Matos e Liana Fragoso. “Amanhã será um dia muito disputado e aberto para várias duplas. Estamos velejando bem, mas o nível é altíssimo. Vamos brigar pela vaga até o fim”, avalia Matheus Dellagnelo.

Para sábado a previsão indica o aumento da intensidade do vento, mas também a chegada de uma frente fria com possibilidades de chuva. A intenção da Comissão é promover três regatas para as classes Laser e Snipe, completando o programa completo com 12 realizadas.

Ainda entre os representantes do ICSC na competição, José Irineu manteve a quarta posição no Laser Radial, enquanto Guilherme Berenhauser aparece em 11º. No Snipe, além das duas duplas já citadas, o ICSC conta com Christian Franzen/Giovana Ferreira (7º), Alexandre Back/Jacqueline Back (10º) e Anderson de Oliveira/Silvia Nakamura (11º). No 420, Tiago Silva/Gean da Cruz seguem em quinto.

Resultados completos: http://copabrasildevela.cbvela.org.br

A Copa Brasil é organizada pela Confederação Brasileira de Vela, com patrocínio oficial do Bradesco desde a primeira edição, e conta ainda com a parceria da Federação de Iatismo de Santa Catarina e do Iate Clube de Santa Catarina.

O campeonato tem regatas nas seguintes classes: RS:X (Masc e Fem.), Laser Standard, Laser Radial (Fem.), Finn, 470 (Masc e Fem.), 49er, Nacra 17 Foil (Misto), Snipe (Misto), Lightning (Misto), Formula Kitesurf (Open). A disputa vai até o dia 24 de novembro.


 

mkt1


 

Assim como nos últimos anos, paralelamente à Copa Brasil de Vela acontece a Copa Brasil de Vela Jovem, que estará aberta às seguintes classes: RS:X (Masc. e Fem.), Laser Radial (Masc. e Fem.), 420 (Masc. e Fem.), 29er (Masc. e Fem.) e Nacra 15 (Misto). O objetivo é oferecer aos velejadores que estão em fase de iniciação e aperfeiçoamento no esporte a oportunidade de ter um contato próximo com os atletas que estão em campanha pan-americana e olímpica.

 SERVIÇO:

O quê: VI Copa Brasil de Vela e IV Copa Brasil de Vela Jovem

Quando: de 20 a 24 de novembro de 2018

Onde: Iate Clube de Santa Catarina – Sede Náutica em Jurerê – Rodovia Tertuliano Brito Xavier, 3052 – Jurerê – Florianópolis – SC

A Copa Brasil é organizada pela Confederação Brasileira de Vela, com patrocínio oficial do Bradesco desde a primeira edição, e conta ainda com a parceria da Federação de Iatismo de Santa Catarina e do Iate Clube de Santa Catarina. O evento conta ainda com o patrocínio do Hospital Baía Sul e Clínica Imagem


Fonte – Danilo Caboclo – Iate Clube de Santa Catarina