Argentina -Ironman 70.3: Igor Amorelli abre a temporada 2018 em Bariloche

0
166

 

 Triatleta está confirmando na edição de estreia do Ironman 70.3 Bariloche nesse domingo -  Imagem - Romulo Cruz

Triatleta está confirmando na edição de estreia do Ironman 70.3 Bariloche nesse domingo –
Imagem – Romulo Cruz

Bariloche – Argentina – A temporada de competições do Ironman começa neste domingo para o triatleta Igor Amorelli. Após cravar sua vaga para o mundial de Kona, no Havaí, já em 2017, o catarinense aproveitou o início do ano para aperfeiçoar os treinamentos e planejar um calendário para alcançar os principais objetivos do ano. Neste domingo os meses de dedicação e treinamentos serão avaliados no Ironman 70.3 Bariloche, que consistirá nas distâncias de 1.9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida pela belíssima cidade argentina.

Estreando no calendário de provas o Ironman 70.3 Bariloche possui um percurso duro, especialmente no ciclismo. “Acredito que o percurso do ciclismo possa nos favorecer, pois é bem duro e afeta diretamente a corrida. Definir uma estratégia é possível, mas tudo ocorre de acordo com a prova. Minha ideia é sair no primeiro grupo da natação e tentar ganhar vantagem no ciclismo com um ou dois caras mais fortes e decidir na corrida”, avalia o catarinense.

 

Imagem - Romulo Cruz
Imagem – Romulo Cruz

Para a atual temporada Igor decidiu fazer algumas mudanças em seu treinamento para tentar alcançar objetivos ainda maiores. Mesmo com pouco tempo para avaliar o triatleta catarinense já sente algumas mudanças. “Foram apenas dois, quase três meses de treino, e ainda tem muita coisa para melhorar, mas posso dizer que estou na minha melhor forma para o atual estágio. Mudamos algumas coisas no treinamento, ainda não estou tão veloz, mas sinto que estou conseguindo entrar em forma mais cedo”, explica.

Sobre as chances no evento, Igor sabe que o grupo de atletas inscritos é forte, mas está bem treinado e capaz de chegar a um resultado satisfatório. “A gente sempre busca a vitória e se você me perguntar se posso ganhar a prova eu vou dizer sempre que sim. A gente treina e se dedica para alcançar isso. O importante é perceber que estamos evoluindo”, completa.

Imagem – Danilo Caboclo/SixComm/
Imagem – Danilo Caboclo/SixComm/

   Ironman 70.3 Bariloche:

Com cinco pódios em oito eventos na temporada, sendo dois títulos (Palmas e Miami), e seu melhor resultado em Kona, Igor tem tudo para repetir a boa temporada em 2018. No ano passado o catarinense esteve por duas vezes na Argentina e em ambas subiu ao pódio, conquistando o terceiro lugar no Ironman 70.3 Buenos Aires (março) e no Ironman Mar del Plata (dezembro).

Pela frente, Igor abre mais uma vez o ano em uma prova organizada em solo argentino. Os 1900 m de natação acontecem no gelado Lago Moreno. Segundo as previsões dos últimos dias, a temperatura da água beira os 16ºC. O duro percurso de ciclismo começa a linda vista para o Lago Nahuel Huapi passando por vários pontos da cidade. A altimetria acumulada ao longo dos 90 km será de aproximadamente 1100 m deixando o percurso ainda mais desafiador. Já a corrida compreende duas voltas e meia em meio ao centro cívico de Bariloche, onde está também a chegada da prova.

 Retrospecto de Igor Amorelli na temporada 2017:

Ironman 70.3 Buenos Aires – (12 de março) – 3º colocado

Ironman 70.3 Oceanside (1º de abril) – Não completou

Ironman 70.3 Palmas (23 de abril) – Campeão

Ironman Florianópolis (28 de maio) – 3º colocado

Ironman 70.3 Equador (30 de julho) – Não completou

Ironman World Championship – Kona (14 de outubro) – 14º colocado

Ironman 70.3 Miami (22 de outubro) – Campeão

Ironman Mar del Plata (3 de dezembro) – 3º colocado


 

Fonte: Danilo Caboclo/SixComm/