“Vamos todos manter maturidade social e encontrarmos soluções sem indicar culpados” Marcelo Werner Salles, Superintendente do Porto de Itajaí

0
1

v er

“Vamos todos manter maturidade social e encontrarmos soluções sem indicar culpados. Temos que mostrar nossos pleitos de forma que os governantes de fato nos olhem como geradores de economia” destacou Marcelo Werner Salles, Superintendente do Porto de Itajaí durante sua palestra em um evento promovido mensalmente pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL-SC), desta vez, Itajaí foi sede de mais uma reunião itinerante.

Salles destacou no encontro a atual situação em que as atividades portuárias do complexo vêm enfrentando e citou sua posição no ranking nacional desde 2004, sendo o segundo porto no Brasil em movimentação de contêineres. Destacou ainda o crescimento nas operações e o aumento na receita do município de Itajaí em até 1400% nos últimos 20 anos e citou sua ida a Brasília recentemente, “Estivemos semana passada com o prefeito Volnei Morastoni e na oportunidade foi assinado um Termo de Compromisso (TC) na Secretaria de Portos (SE) do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil tornando válidos recursos na ordem de R$ 23 milhões para a conclusão das obras do berço 03 e início dos testes para o berço 04. Este documento foi encaminhado ao setor jurídico do Ministério e aguardamos sua publicação”, lembrou.

Promovido mensalmente pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL-SC), desta vez, Itajaí foi sede de mais uma reunião itinerante. O encontro reuniu membros das Câmaras de Dirigentes Lojistas da região da AMFRI (CDLs) e de outras regiões do Vale do Itajaí e contou com a presença do presidente da entidade, Ivan Tauffer, Deputado Estadual Serafim Venzon, Secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina, Leonel Arcângelo Pavan, Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, Prefeito de Navegantes, Emílio Vieira, membros de entidades de classe, empresários e representantes de órgãos públicos.

Em pauta, foram discutidos temas sobre demandas e suas importâncias para as regiões Metropolitanas do Vale do Itajaí e Foz do Rio Itajaí. Assuntos como a duplicação da BR-470, situação atual do Complexo Portuário de Itajaí, Planejamento Turístico para as regiões, Posto da Policia Rodoviária Federal em Itapema, Feiras Itinerantes e Controle de Barragens foram explanados durante o evento.

Coordenado pelo empresário e presidente da Federação, Ivan Tauffer, as reuniões se formam por regiões estratégicas em que o objetivo é debater de forma conjunta com a sociedade as demandas regionais para elaboração de uma pauta macrorregional e que posteriormente será encaminhada ao governador do Estado, João Raimundo Colombo.

Até o dia 30 de junho, estão programados mais nove (9) encontros distribuídos por regionais e cada regional apresentará suas diferentes demandas. Ao final do ciclo de reuniões, um Projeto Macro será elaborado e nos segundo semestre o ciclo será retomado.

O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, solicitou aos participantes, mais persistência e união entre os órgãos públicos e entidades empresariais em buscar recursos federais e estaduais para a região. Citou ainda as necessidades do porto de Itajaí e dos recursos que estão para vir para o porto público, “Um dos pilares de nosso resgate na economia de Itajaí é quanto à conclusão das obras e reforço e realinhamento dos berços 03 e 04. Será um efeito extraordinário que paralelo a movimentação, temos ainda os serviços de dragagem e do aprofundamento do Rio. Tudo isso soma e quem ganha com isso é Itajaí e a região”, reforçou o prefeito de Itajaí.