Florianópolis – Regata Arquipélago- Corta Vento foi o Fita Azul

0
393

 

zzxzxz

 






 

 

 

 

 

 

Corta Vento foi o Fita Azul da regata realizada nesse sábado em boas condições na Baía Norte. Um sábado perfeito para o velejo, marcado por vento nordeste de 15-18 nós, com sol e céu limpo. O cenário para a realização da Regata Arquipélago, válida como sétima etapa da Copa Veleiros de Oceano, não poderia ser melhor para a alegria da flotilha oceânica do Iate Clube de Santa Catarina que prestigiou mais um evento do calendário de competições em Florianópolis.

Com largada em frente ao Trapiche da Avenida Beira-Mar Norte, próximo às 12h45min, as embarcações saíram para um barla-sota que marcou a primeira parte da regata ainda na Baía Norte (essa etapa somente para os barcos das classes C30, HPE e RGS A). O percurso bem técnico exigiu bastante das equipes que seguiram rumo a boia em Santo Antônio de Lisboa e depois para o contorno nas Ilhas de Ratones Grandes (barcos mais rápidos) e Ratones Pequeno (embarcações mais lentas).

Na volta, os veleiros subiram a vela balão deixando a paisagem ainda mais colorida para quem acompanhava o retorno até a linha de chegada, marcada por uma boia próxima ao alinhamento do Trapiche do Grupo de Busca e Salvamento e o Forte Sant´Ana, com a Ponte Hercílio Luz de fundo.

Na Classe C30, uma disputa emocionante marcou o dia, com o Corta Vento sendo o Fita Azul (primeiro veleiro a cruzar a linha de chegada). Em segundo ficou o Zeus Team e em 3º o Katana. Na HPE, o Arretado foi o vencedor.

A classe RGS A contou com cinco barcos na disputa, e o Plâncton levou a melhor, com o Bruxo em 2º e o Zpehyrus, atual campeão brasileiro da classe, em terceiro. Fechando as disputas, o Carino foi o mais veloz na classe RGS Cruzeiro, seguido por Açores II e Taura 1.

Passada a Regata Arquipélago, restam apenas mais três etapas já para o encerramento da Copa Veleiros de Oceano. O próximo encontro da flotilha oceânica do ICSC será em outubro na Regata Mormaii, na sequencia acontece a Regata Marejada (novembro) e a Volta à Ilha de Santa Catarina, que encerra o calendário náutico do ICSC no mês de dezembro.

Projeto de Lei de Incentivo:


 

A Copa Veleiros de Oceano é realizada pelo Iate Clube de Santa Catarina com apoio da Lei de Incentivo ao Esporte, através do Ministério dos Esportes. Buscando dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos pelo clube junto a Lei Federal de Incentivo ao Esporte, o projeto chega a sua quarta fase e para este ano 16 eventos farão parte do Calendário Esportivo Náutico da Cidade de Florianópolis. O presente projeto, além de manter uma estrutura técnica para as classes de vela Optimist, Laser e Snipe e Dingue e também continua estruturando o clube com equipamentos/estrutura adequada, além das competições do clube.