Primeira edição do Salão Náutico Marina Itajaí

4
254

DSCN7562

  • A primeira edição do Salão Náutico Marina Itajaí acontece de 21 a 24 de julho em Santa Catarina

 

  • Estaleiros nacionais e internacionais já estão confirmados para o evento que acontecerá em Itajaí . O público conhecerá embarcações de diversos tamanhos e os interessados poderão fazer test drives. Além da geração de negócios envolvendo a cadeia produtiva e de serviços náuticos, o evento trará ao público opções gastronômicas diversificadas e produtos de alto padrão.

 

Itajaí – Está confirmada a realização da primeira edição do Salão Náutico Marina Itajaí de 21 a 24 de julho. O evento será realizado na sede da marina, município de Itajaí, litoral norte catarinense, em uma área de mais de 18 mil m² incluindo vagas secas e molhadas. O objetivo é reunir produtos e serviços que compõem a cadeia náutica para geração de negócios, além de proporcionar aos visitantes opções da alta gastronomia e de lazer.

 

Fotos - Adilson Pacheco
Fotos – Adilson Pacheco

Renomados estaleiros nacionais e internacionais como Azimut Yachts, Schaefer Yachts, Monte Carlo, Beneteau, Triton, Sea Ray, Bayliner e Cimitarra já são presenças confirmadas. Embarcações de diversos tamanhos e estilos serão expostas, de motos aquáticas e pequenas lanchas até veleiros e luxuosos iates de mais de 80 pés. Produtos e serviços relacionados ao universo náutico também serão apresentados como: motores, acessórios, moda náutica, decoração, despachantes, serviços financeiros, entre outros.

 

 

 

“Santa Catarina, a cada ano, vem despontando como polo náutico brasileiro. Concentra inúmeros fabricantes de embarcações dos mais variados portes e, consequentemente, fornecedores relacionados à área. A cidade de Itajaí, também reconhecida como importante centro naval e industrial, é um dos destaques e tem se desenvolvido anualmente através de ações públicas e privadas favoráveis ao setor. Em razão da localização estratégica da Marina Itajaí e de sua ampla estrutura o salão náutico entra no calendário nacional de eventos com objetivo de ser uma vitrine e um canal de distribuição de produtos e serviços náuticos que complementa os pilares do polo náutico. Além de geração de negócios é uma excelente oportunidade de aproximar o público da cultura náutica. Nosso objetivo é que se torne um dos principais eventos do gênero do país”, destaca o diretor do Complexo Marina Itajaí Manuel Carlos Maia de Oliveira.

O período escolhido para sediar o salão foi estratégico já que durante o mês de julho Santa Catarina recebe um grande fluxo de turistas para curtir o inverno catarinense, época de tempo firme costumeiramente, com paisagens limpas e exuberantes.

Mais de 60 expositores devem participar do salão náutico. Com a disponibilidade das vagas molhadas os interessados poderão ainda fazer test drives antes de fechar o negócio.

São esperados no 1º Salão Náutico da Marina Itajaí cerca de 5 mil visitantes.

 




Sobre a Marina Itajaí


 

DSCN7613

Inaugurada em dezembro de 2015, a Marina Itajaí pode ser considerada um marco do desenvolvimento náutico brasileiro, localizada no centro da cidade catarinense de Itajaí – importante polo náutico, naval, turístico e industrial. A marina oferece atualmente 320 vagas, sendo 155 vagas secas e 165 vagas molhadas que comporta desde pequenas embarcações até iates e veleiros com mais de 120 pés. Modernos equipamentos como Fork Lift de 12 toneladas e o único Travel Lift de 75 toneladas do sul do Brasil, posto de combustível com bandeira BR e única marina no sul do país com diesel Verana, heliponto e serviços para atender navegadores e visitantes, além de opções de lazer como sofisticado espaço gastronômico e amplo estacionamento também fazem parte de sua estrutura. Em sua segunda fase de implantação terá ao todo mais de 900 vagas, entre secas e molhadas, além de centros comerciais e operacionais.




*EDIÇÃO DA REDAÇÃO/ EDITORIAL EDITION
*Edição – Adilson Pacheco
MTB: 0002362/SC
E-mail: adilsonpachecoredacao@gmail.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/adilson.pacheco.75
Facebook: https://www.facebook.com/Regata-News-698702346874230/?fref=ts
Issuu: https://issuu.com/regatanew_sc
http://www.dailymotion.com/adilson-pacheco1
Linkedin: https://br.linkedin.com/in/adilson-pacheco-6337a24a

 

 

4 COMENTÁRIOS

  1. edina minnesota was not racist as the article states. however, the country club district, a small part of edina, had a covenant drawn up by developer Thorpe Realty, that prohibited blacks from buying property there in the 1930’s. the edina country club may have had restrictive policies also, as private clubs do. the rest of edina has a rich black history including many black landowners and office holders. i have lived in edina since 1962 and find the article to be an inflammatory and derogatory generalization. the About Town Magazine has a good article about blacks in edina in the autumn 2006 issue, if you are interested in researching the facts.
    replique bague ultra chanel occasion http://www.montrefr.com/fr/chanel-bagues-ultra-c-180_181.html

Comments are closed.