Primeiro dia de regatas do Norte e Nordeste de Optimist 2024

0
54
Primeiro dia de regatas do Norte e Nordeste de Optimist 2024

Yacht Clube da Bahia sedia campeonato com mais de 150 jovens

O Campeonato Norte Nordeste de Optimist teve início nesta quarta-feira (1º) no Yacht Clube da Bahia (YCB), em Salvador (BA). Foram realizadas três regatas para os veteranos e duas para os estreantes na Baía de Todos-os-Santos.

As disputas para jovens de 7 a 15 anos terminam no domingo (5) e contam com 150 barcos dos principais clubes de vela do país. Os estados da Bahia, Brasília, Espírito Santo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina.

Promessa da vela brasileira, Joana Freitas (ICRJ) lidera o campeonato com 5 pontos perdidos após as regatas de estreia. A jovem é seguida por Manuel Bragança (ICRJ) e Théo Sartor (ICSC). “Hoje foi difícil, não estava muito fácil. O vento estava muito inconstante e com bastante onda, mas consegui ir bem”, disse Joana Freitas.

Manuel Bragança foi na mesma linha da companheira de equipe da Flotilha Zé Carioca do Iate Clube de Rio de Janeiro. “Achei bom, com maré vazando, com vento bom. A regata foi bem difícil, mas foi bom o dia!”

Entre os estreantes Maria Eduarda Vieira Beltrão (CICP) é a primeira colocada, e a flotilha do YCB apoiada pelo CBC segue atrás com Rafaela Gagno, Arthur Elpídio de Almeida Alves, Carolina de Azevedo Bandeira e Marina Rosito Schaffer Silva.

A baiana Rafaela Gagno, segunda colocada entre os estreantes do OP, gostou da primeira regata do Norte Nordeste. “Eu achei que foi bom, estou acostumada com a raia por ser daqui. A maré estava forte e o vento não estava constante”.

Os resultados servem como seletiva para formação da Equipe Brasileira de Vela na categoria. A edição deste ano será válida como a última seletiva para os Campeonatos Internacionais: Mundial, Europeu, Norte Americano, Africano e Asiático.

A classe Optimist tem sido um trampolim para grandes conquistas na modalidade, contando com nomes icônicos como Robert Scheidt, Martine Grael e também Juliana Duque, medalhista pan-americana e tricampeã mundial de Snipe, representando brilhantemente as cores do YCB.

O evento tem a parceria do CBC – Comitê Brasileiro de Clubes e a Opti BRA – Associação Brasileira dos velejadores da classe Optimist.

Sabia que você também pode patrocinar o esporte do Yacht Clube da Bahia?

Por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, você, pessoa física ou jurídica pode fazer o esporte do Yacht chegar ainda mais longe. Contribuindo na formação de promissores talentos em diversas modalidades, elevando o patamar do Clube e rompendo as fronteiras.

Ficou interessado(a)? Entre em contato conosco, estamos à sua disposição: (71) 2105-9112 • Ana Lúcia I Setor de Projetos.

Sobre o Yacht Clube da Bahia

O Yacht Clube da Bahia surgiu do desejo de construir barcos a vela, nossa paixão por esportes está diretamente ligada à nossa origem. O clube possui hoje mais de 15 categorias esportivas e notoriamente se destaca por sua vocação pelas modalidades náuticas e aquáticas, especialmente a Vela, Natação, Canoagem e Pesca Esportiva. Os esportes terrestres completam nossa grade, oferecendo um repertório completo.

Vale ressaltar que entendemos o esporte como um elemento muito importante do convívio social dos nossos Associados, desde a interação de jovens e adultos em seus grupos de amigos até a formação de atletas de alto rendimento, que estão presentes frequentemente nos pódios de competições nacionais e internacionais.

O Yacht Clube da Bahia também organiza eventos com destaque no calendário esportivo náutico nacional, como a tradicional Travessia Itaparica-Salvador de Natação que existe desde 1955, o Desafio Salvador – Morro de São Paulo de Canoagem que é a maior prova sem revezamento da América Latina, além de diversas outras competições.

Foto: Marco Lagoa