Condição do mar adia baterias da categoria Profissional do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro

0
40
bodyboarding

A Praia de Jacaraípe, em Serra, no Espírito Santo, teve disputas pela manhã nesta segunda-feira (22). Agora, a competição será retomada nesta quarta-feira (24) – a terça-feira será “day off” para esperar melhores condições do mar

Após uma manhã com competições nas categorias Profissional, Pro Junior e Máster, as condições do mar adiaram as baterias da tarde desta segunda-feira (22), no segundo dia de disputas do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro 2024, etapa feminina do Circuito Mundial de Bodyboarding. Assim, a Profissional e a Pro Junior foram realizadas apenas pela manhã. A segunda-feira contou, ainda, com o início das disputas da Open – categoria amadora que tem o objetivo de fomentar o esporte. Agora, o evento será retomado apenas nesta quarta-feira (24). A terça-feira foi anunciada como “day off” pelos organizadores já que as condições do mar têm previsão de melhorar para os próximos dias.

O ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro 2024 está sendo disputado na Praia de Jacaraípe, em Serra, no Espírito Santo. O campeonato, em sua terceira edição, será realizado até o próximo sábado (27), transformando o estado no centro mundial da modalidade.

Nas categorias Profissional e Máster, em seu segundo dia, as baterias foram de repescagem, com as atletas buscando um lugar nas próximas etapas. Já o Pro Junior teve as primeiras competições.

A primeira colocação na Profissional ficou com a japonesa Yuka Nishimura. Em segundo, a portuguesa Luana Dourado e, empatadas em terceiro, as brasileiras Kirtys Montenegro e Maria Rita Braga. Na Pro Junior, primeiro lugar para a brasileira Luna Hardman. Em segundo, a francesa Emie Padois e, em terceiro, Aarya Tabalno, do Havaí. Na Máster, vitória da portuguesa Marta Leitão, seguida das brasileiras Karla Costa e Maria Rita Braga.

“Foi difícil. Mudança de mar afeta muito. Todas as meninas super bem. E apesar de ter perdido na Pro, consegui me manter viva no campeonato na Máster. Cada bateria, um novo desafio. Estou animada para as próximas”, destacou a carioca Karla, duas vezes campeã mundial, que mora há mais de 20 anos no Havaí, tem dois filhos e vem sempre ao Brasil visitar a família.

A edição 2024 do ArcelorMittal Wahine Bodyboarding Pro tem o número recorde de 115 inscrições. São 75 atletas, de sete países – Brasil, Chile, França, Havaí, Japão, Peru e Portugal -, algumas em mais de uma categoria. Estão em disputas as categorias Profissional, Máster, Pro Junior e Open. A de Pessoas com Deficiência definiu suas campeãs já neste domingo (21).

O Wahine Bodyboarding Pro 2024 tem patrocínio máster da ArcelorMittal, do Governo do Estado do Espírito Santo por meio da Lei de Incentivo ao Esporte Capixaba, e da Prefeitura Municipal da Serra, com apoio de Coroa. Realização do Instituto Neymara Carvalho e da IBC.

Link de transmissão ao vivo: 
https://ibcworldtour.com/events/2024/2024/day-2-live-stream-arcelormittal-wahine-bodyboard-2024/

Mais informações:
Instagram: @wahinebbpro

No ES: Lúcia Marins – luciammarins@gmail.com – 27 99943-8246

Foto: Wahine Bodyboarding Pro / Divulgação