Festa da vela brasileira na Regata Bracuhy

0
44

Com mais 700 velejadores e 130 embarcações, regata foi realizada neste sábado (16), na Baía da Ribeira, em Angra dos Reis (RJ)

Na sua 6ª edição, a Regata Bracuhy realizou o cerimonial de premiação neste sábado (16), em Angra dos Reis (RJ). Com mais 700 velejadores e 130 embarcações, o destaque ficou para o veleiro Asbar 6, que levou o prêmio de Fita Azul, primeiro barco a cruzar a linha de chegada.

Comandados por Marcelo Pereira Quintaes, o Asbar 6 finalizou a prova no tempo em 1h25 e conquistou o prêmio de Fita Azul e a vitória na classe VPRS.

Já na disputa do Bico Proa, que teve o maior número de barcos na raia, com 54, foram divididos em cinco categorias.

Na primeira, Seachegue foi a campeã, enquanto na segunda flotilha Tamuatoa 3 levou a medalha de ouro. Já na terceira categoria, a Libertas foi a campeã. Na penúltima disputa, Oka levou o título. Finalizando a Bico de Proa Metal, a tripulação do Jubarte foi a líder.

Bracuhy também teve seu representante no pódio, com o título da embarcação Kaluanã, na APS.

Os RGS e Clássicos tiveram domínios da equipe do Kameha Meha, que ficou com o troféu.

Sea Wylo levou na Multicasco. Enquanto Nica, Opium, Kybyxu foram os vencedores das três categorias de Cruzeiros.

“Conseguimos fazer uma boa largada! Marcamos bem nossos concorrentes logo no começo e foi possível manter o ritmo durante o percurso e ser Fita Azul”, explicou Marcelo Pereira Quintaes.

A Regata Bracuhy está em crescimento desde sua primeira edição e é apontada como uma das maiores do País juntamente com a Semana de Vela de Ilhabela e Santos-Rio.

Segundo Teresa Zanetti, uma das fundadoras, a regata foi um sucesso com todos os velejadores aprovando essa grande festa da vela brasileira.

“Muito feliz com a 6ª edição da Regata Bracuhy. As regatas foram de alto nível e todos se divertiram muito em terra. A união de todos os organizadores e velejadores foi incrível!”, disse.

Com uma equipe formada por mulheres de diversas idades, a tripulação do Rolé, comandada por Giovana Araújo, foi o destaque na disputa feminina.

“Nossa largada não foi legal. Mas conseguimos ganhar algumas posições e todas ajudaram muito! Somos uma tripulação de amigas e continuamos juntas em todos os desfiles do percurso”, finalizou.

Para conferir os resultados gerais, fotos e vídeos das regatas acesse o site oficial da Regata Bracuhy:https://regatabracuhy.com.br/resultados-2024.

Sobre a Regata Bracuhy

Em 2017, um grupo de velejadores do Bracuhy se juntou para organizar uma regata, de forma voluntária e sem fins lucrativos. A ideia era trazer o Bracuhy de volta ao cenário da vela de competição. Logo de cara, a organização conseguiu juntar quase 70 veleiros e mais de 300 tripulantes na 1ª Regata JL Marina Bracuhy, que nasceu já fazendo parte do Campeonato de Vela Oceânica organizado pela FARVO – Flotilha Angra dos Reis de Vela Oceânica. E desde então o evento não parou de crescer.

A 5ª Regata, em 2023, reuniu mais de 120 veleiros e 630 tripulantes, sendo que quase 700 pessoas celebraram uma grande festa nas Ruínas do Engenho Bracuhy.

Esse é o espírito da Regata Bracuhy: muito mais do que uma competição, uma confraternização entre amigos e amantes da vela!

Foto: Caio Souza | Onboard Sports