Descubra as categorias do Mr. Olympia Brasil Expo 2023

0
209

O Mr. Olympia Brasil Expo 2023 acontecerá entre os dias 27 e 29 de outubro no Pro Magno Centro de Eventos, em São Paulo (SP), e está programado para reunir mais de mil atletas em várias categorias. Uma das categorias em destaque é a Classic Physique. Atletas da categoria Classic Physique, que devem exibir grande volume muscular, subirão ao palco vestindo sungas e realizarão poses específicas de acordo com as regras estabelecidas.

Um dos nomes de destaque internacional nessa categoria é Ramon Dino, originário do Acre. Ramon Dino é amplamente reconhecido como um dos melhores do mundo em sua categoria e é esperado que concorra ao título do Mr. Olympia 2023, que ocorrerá em novembro, em Orlando, EUA.

Ele já conquistou o título de campeão do Mr. Olympia Brasil na categoria amadora em 2018 e atualmente ocupa a segunda posição mundial, atrás apenas de Chris Bumstead, um fisiculturista canadense conhecido como Cbum.

Tamer El Guindy, CEO da Musclecontest, a empresa promotora do Mr. Olympia em todo o mundo e organizadora do evento no Brasil em parceria com a Savaget Promoções & Eventos, explica que para atingir o nível de Ramon Dino e Cbum, os atletas precisam competir em eventos nacionais e conquistar um dos 21 Pro Cards que serão concedidos no Mr. Olympia Brasil Expo.

”Em uma comparação rápida com o automobilismo, o Classic Physique é a Fórmula 1 do bodybuilding internacional, movimentando milhares de dólares anualmente. Mas para chegar ao nível de Ramon Dino e Cbum, os atletas precisam participar de eventos nacionais e ganhar um dos 21 Pro Cards que serão distribuídos no Mr. Olympia Brasil Expo”.

Na categoria Men’s Physique, os atletas são avaliados usando bermudas, com a musculatura das pernas não sendo um fator decisivo no julgamento. O foco principal é apresentar uma estrutura física em forma de “V”, com cintura fina e ombros largos, realizando menos poses em comparação com as categorias de elite.

A categoria Bodybuilding é conhecida por ser a mais “pesada” do fisiculturismo, permitindo que os atletas alcancem o peso que desejam. Eles são avaliados com base no volume, simetria e proporção corporal.

Entre as categorias femininas, a categoria inicial é a Bikini, que exige uma estrutura física mais “seca”. Na Wellness, o destaque vai para os glúteos, além do volume dos quadríceps e da parte posterior das coxas.

Na categoria Figure, caracterizada por mais poses no palco, é necessário ter uma dorsal mais desenvolvida. Na Women’s Physique, o requisito é o volume muscular em geral, e na Bodybuilding, assim como entre os homens, é necessária uma apresentação com grande volume muscular, sendo esta a categoria que demanda mais tempo de treinamento.

Gustavo Gama, um jornalista especializado em bodybuilding, destaca que o Mr. Olympia Brasil Expo é um evento de grande relevância, onde três atletas amadores por categoria têm a oportunidade de se tornarem profissionais, levando o nome do país para o cenário internacional.

As atividades do evento começam na sexta-feira, 27 de outubro, com a pesagem dos atletas a partir das 10h. No sábado, 28 de outubro, os profissionais de Figure e Men’s Physique competirão pelo título das 13h às 17h, enquanto a competição do Classic Physique está programada para o domingo, 29 de outubro, no mesmo horário.

No sábado, as primeiras apresentações serão das representantes amadoras do Women’s Physique, Bodybuilding, Figure e Classic Physique, começando às 10h.

Os amadores das categorias Bikini, Wellness e Men’s Physique competirão no domingo, também a partir das 10h. Além disso, no dia 28 de outubro, serão realizados campeonatos mundiais de power bíceps e supino, enquanto no dia 29 de outubro ocorrerá o levantamento terra.

Foto: @gibajr360