CBVela anuncia seletiva para o Pan-Americano de Santiago 2023

0
94

Evento será realizado de 05 a 11 de março, em Cabo Frio (RJ)

A CBVela – Confederação Brasileira de Vela confirmou o município de Cabo Frio como sede da seletiva para formação do elenco brasileiro que irá disputar o Pan-Americano de Santiago 2023, no Chile. Os testes para as classes 49er, 49erFX e Nacra 1 serão realizados entre 05 e 11 de março.

Com apoio do Iate Clube do Rio de Janeiro na instalação dos barcos, os atletas serão analisados pelos treinadores da CBVela. A confederação aguarda entre quatro e cinco duplas nas classes 49er e 49rFX e 17 duplas no Nacra.

A raia de Cabo Frio é conhecida pela presença de ventos constantes, com variação de intensidade, e ondas durante o percurso das regatas. Segundo Walter Boddener, Gerente Geral da CBVela e juiz nacional de Vela, o local é ótimo para os atletas, mas muito desafiante.

“É um lugar muito especial para regatas. A raia é sensacional por ser completa, tendo todos os desafios para os atletas. Esperamos uma ótima semana de vento, com boas provas e muita disputa entre os competidores. Queremos que o melhor vença e represente muito bem o Brasil”, explicou Walter Boddener.

O País já tem atletas convocados nas classes ILCA 6 e ILCA 7. Gabriella Kidd e Bruno Fontes garantiram vaga no Sul-Americano, realizado em Buenos Aires, na Argentina.

No Pan-Americano de Lima 2019, no Peru. O Brasil conquistou 169 medalhas no total, com nove conquistas da vela, sendo cinco de ouro, duas de prata e duas de bronze.

O Pan-Americano de Santiago será disputado de 20 de outubro até 5 de novembro.

Apoio à vela Jovem

A vela brasileira tem como destaque o Núcleo de Base do programa da Confederação Brasileira de Vela – CBVela junto com a Secretaria Especial do Esporte e a Secretaria de Especial do Alto Rendimento – SNEAR do Ministério da Cidadania para a vela jovem pelo Convênio 920223/2022.

O projeto ajuda no fomento à modalidade desde o ano passado. Sede da Rio 2016 e de outros grandes eventos da vela, a Marina da Glória, na capital fluminense, recebe adolescentes entre 13 e 17 anos para treinos visando eventos nacionais e internacionais da Vela Jovem. Outros campings de treinamento foram realizados no Clube Naval Charitas, em Niterói (RJ).

O trabalho leva jovens atletas a se aperfeiçoarem na modalidade, com o propósito de levá-los ao alto-rendimento, incluindo participações em classes olímpicas e pan-americanas.