Bons ventos na abertura do 34º Circuito Oceânico Veleiros da Ilha

0
153

Florianópolis (SC) – Começou  nesta quarta-feira (1),1 de fevereiro de 2023 –  o 34º Circuito Oceânico Veleiros da Ilha. Com quase 40 embarcações na raia, a competição iniciou com as regatas de percurso. A direção do vento rondou de nordeste para sudeste, variando entre 10-12 nós ao longo da tarde. Assim como em 2022, o Fita Azul (primeira embarcação a completar o percurso) da regata mais longa foi o Crioula 52. Após correção do tempo, a vitória da classe ORC foi para o Kamikaze XI. 

Tático do Crioula, o atleta olímpico falou sobre o desempenho da tripulação e de mais uma participação no Circuito. “Nossa tripulação gosta muito de vir para cá. Florianópolis é a melhor raia do Brasil e é sempre um prazer poder competir no Circuito Oceânico”, comentou.

Nas disputas da classe C30, melhor para a equipe da “casa”. Campeão do Circuito em 2022, o Katana/Portobello venceu a regata de abertura. Os veleiros one design velejam em condições iguais e o resultado não precisa de correção de tempo. Com isso, a equipe do Veleiros da Ilha levou a melhor na disputa com Caballo Loco, segundo, e Zeus Team, terceiro. Outra classe com barcos one design é a HPE-30. São três concorrentes na raia e nesta quarta quem se deu melhor foi o Phoenix, vencedor no duelo contra Ponta Firme, segundo, e Ximango, terceiro.

Uma das categorias mais concorridas do Circuito Oceânico, a classe RGS Geral contou com vitória da embarcação Bruxo, do Veleiros da Ilha. No total, 8 barcos competem na raia de Jurerê em busca do título. Na categoria RGS Cruzeiro Geral, o Neon II levou a melhor na disputa. Os demais vencedores do dia foram: Oceanics (Bico de Proa Geral) e Harmonya (Bico de Proa Cruzeiro).

 

 34º Circuito Oceânico

O Circuito é aberto a barcos com certificados de medição válidos das classes ORC, C30, BRA-RGS, HPE-30, HPE-25, RGS-Cruzeiro, Bico de Proa, Bico de Proa Cruzeiro, Star e Multicascos. A programação conta com regatas de percurso e barla-sota para todas as classes, com exceção das classes RGS Cruzeiro, Bico de Proa, Bico de Proa Cruzeiro, Multicascos e Star, que terão uma raia especial com regatas de percurso diariamente.

Para essa edição, a organização implementou um sistema digital para acompanhamento de todo gerenciamento de regatas, o mesmo que foi utilizado nas Olimpíadas de Tóquio e no Circuito Rolex em Punta del Este.

Os resultados estão disponíveis através do link icsc.regatas.ar.