Wehrlein vence novamente em Diriyah e é o novo líder do Mundial de Fórmula E

0
167
Pascal Wehrlein, TAG Heuer Porsche Formula E Team, Porsche 99X Electric Gen3 , 1st position,

Se na abertura da 9ª temporada do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E na Cidade do México, a Porsche tinha deixado uma boa impressão, toda a expectativa foi confirmada neste fim de semana com a rodada dupla de Diriyah, na qual Pascal Wehrlein venceu ambos os EPrix e assumiu a liderança do campeonato.

Enquanto na corrida 1, Wehrlein largou em nono e fez uma espetacular escalada até a ponta, neste sábado (28) ele saiu da quinta posição, fez uma boa estratégia no uso do Modo Ataque, e na metade da corrida já estava na liderança.

Novamente ele teve como seu principal adversário a Avalanche Andretti de Jake Dennis, e outra vez ele conseguiu suportar a pressão do piloto britânico que também tem a seu favor a potência do powertrain da Porsche. Com a bandeirada após 40 voltas pelas ruas históricas de Diriyah, Wehrlein vence pela terceira vez na Fórmula E.

“Foi um fim de semana fantástico, mais uma vitória! Nosso ritmo foi espetacular e a estratégia foi muito boa. O que posso dizer é que foi espetacular o trabalho da minha equipe e estou muito orgulhoso deles, este é um fim de semana que não vou esquecer jamais”, comentou Wehrlein, que agora é novo líder do Mundial de Pilotos.

O pódio foi completado por René Rast, da NEOM McLaren, que conseguiu suportar a forte pressão de Sam Bird (Jaguar TCS Racing) nas voltas finais.

Pascal Wehrlein, TAG Heuer Porsche Formula E Team, Porsche 99X Electric Gen3
, 1st position,

Como foi a prova

Jake Hughes (NEOM McLaren) largou na pole position pela primeira vez em sua curta carreira na Fórmula E até o momento (foi o terceiro eprix do piloto britânico), mas sua alegria durou pouco: Mitch Evans largou melhor e assumiu a ponta na primeira curva. Pascal Wehrlein, vencedor da corrida 1 em Diriyah, também largou bem e superou Sébastien Buemi, assumindo o quarto lugar.

Evans assume a ponta nas primeiras curvas da corrida 2 em Diriyah

Na volta 10, Evans optou por ativar o Modo Ataque e com isso, perdeu posições para os dois carros da McLaren. Na volta seguinte, foi à vez de Hughes ativar a potencia extra e com isso, Evans subiu para segundo, com Rast assumindo momentaneamente a liderança da prova.

Quando Rast foi ativar o Modo Ataque, conseguiu voltar à frente de Evans e Hughes e com isso, seguiu na ponta.

Na volta 13, Wehrlein conseguiu ultrapassar Hughes e assumiu o terceiro posto, sendo o único do top-4 que não havia ativado o Modo Ataque até então. Na volta seguinte, o piloto da TAG Heuer Porsche passou Evans e assumiu o segundo posto.

Na volta 15, Wehrlein aproveitou que conseguiu uma boa vantagem para o Evans, ativou o Modo Ataque e deu início a perseguição ao líder Rast. Em duas voltas o piloto da Porsche conseguiu tirar a diferença de 1s7 e para se defender, o piloto alemão da McLaren ativou o Modo Ataque e cedeu a liderança.

O cenário então se inverteu: Rast passou a perseguir Wehrlein com o Modo Ataque ativado. Porém, o vencedor da corrida 1 em Diriyah conseguiu se manter a frente, e com o passar do tempo, foi abrindo uma vantagem para o compatriota da McLaren.

Um pouco mais atrás, Jake Dennis começou a ganhar posições também. Ele superou Buemi e Mortara, e trouxe com ele Sam Bird (Jaguar TCS Racing). Nas voltas seguintes, foi à vez de superar Hughes e Evans e logo o piloto da Avalanche Andretti estava na terceira colocação.

Na volta 24, Dennis ficou lado a lado na reta com Rene Rast e tomou do piloto da McLaren a segunda colocação, voltando a ficar na mesma situação da corrida 1 em Diriyah realizada ontem: perseguir Pascal Wehrlein.

Na volta 26, Bird também superou Rene Rast, e com isso, os três primeiros da corrida 2 passaram a ser os mesmos da corrida 1. Na volta seguinte, Nico Mueller escapou e bateu na barreira de proteção, causando a entrada do Safety Car.

O safety car deixou a pista na volta 31, e com os carros todos próximos novamente, a disputa ficou ainda mais intensa, com a estratégia de Modo Ataque sendo essencial para a definição da prova.

Na volta 33, Dennis e Bird ativaram o Modo Ataque, mas enquanto o piloto da Avalanche Andretti conseguiu sustentar sua posição, Bird acabou sendo superado por Rast. Tentando se recuperar, o britânico da Jaguar foi para cima, mas acabou passando reto na curva 1 e por muito pouco não perdeu a quarta posição.

Enquanto Wehrlein e Dennis abriram uma boa vantagem para os demais, novamente mostrando que o powertrain da Porsche está acima dos demais neste início de Era Gen3, Rast e Bird passaram a travar uma intensa disputa pelo terceiro lugar.

No fim, Pascal Wehrlein venceu a corrida 2 em Diriyah, novamente com Jake Dennis em segundo e desta vez, com Rene Rast completando o pódio. O top-10 foi completado por Bird, Hughes, Buemi, Evans, fenestraz, Mortara e Ticktum.

Pascal Wehrlein, TAG Heuer Porsche Formula E Team, 1st position, celebrates at the podium ceremony

Quanto aos brasileiros, não foi uma boa corrida para ambos. Lucas di Grassi largou em 20º e terminou na 16ª posição, sem grandes chances de sonhar com pontos. Já Sérgio Sette Câmara (NIO 333 Racing) largou em 13º, mas novamente sofreu com a falta de ritmo de seu carro e terminou apenas na 18ª posição.

A partir de agora, a Fórmula E se prepara para três provas inéditas. O próximo compromisso do Mundial de Carros Elétricos será o EPrix de Hyderabad, que marca a estreia da Índia na categoria. No dia 25 de fevereiro será a vez dos Gen3 acelerarem pela Cidade do Cabo, na África do Sul. E no dia 25 de março, será a vez de São Paulo sediar uma etapa da categoria.

Confira abaixo o resultado final da corrida 2 de Diriyah:

1º Pascal Wehrlein/TAG Heuer Porsche

2º Jake Dennis/Avalanche Andretti

3º René Rast/NEOM McLaren

4º Sam Bird/Jaguar TCS Racing

5º Jake Hughes/NEOM McLaren

6º Sébastien Buemi/Envision Racing

7º Mitch Evans/Jaguar TCS Racing

8º Sacha Fenestraz/Nissan

9º Edoardo Mortara/Maserati MSG Racing

10º Dan TIcktum/NIO 333 Racing

11º Antonio Félix da Costa/TAG Heuer Porsche

12º André Lotterer/Avalanche Andretti

13º Nick Cassidy/Envision Racing

14º Norman Nato/Nissan

15º Lucas di Grassi/Mahindra Racing

16º Jean-Eric Vergne/DS Penske

17º Sérgio Sette Câmara/NIO 333 Team

18º Kelvin van der Linde/ABT Cupra

19º Maximilian Guenther/Maserati MSG Racing

20º Stoffel Vandoorne/DS Penske

21º Oliver Rowland/Mahindra Racing

22º Nico Mueller/ABT Cupra

 

Classificação do Mundial de Pilotos após a Corrida 2 de Diriyah:

1º Pascal Wehrlein/TAG Heuer Porsche – 68 pontos

2º Jake Dennis/Avalanche Andretti – 62 pontos

3º Sébastien Buemi/Envision Racing – 31 pontos

4º Sam Bird/Jaguar TCS Racing – 28 pontos

5º Jake Hughes/NEOM McLaren – 27 pontos

6º René Rast/NEOM McLaren – 26 pontos

7º Lucas di Grassi/Mahindra Racing – 18 pontos

8º André Lotterer/Avalanche Andretti – 14 pontos

9º Mitch Evans/Jaguar TCS Racing – 11 pontos

10º Nick Cassidy/Envision Racing – 10 pontos

11º Jean-Eric Vergne/DS Penske – 6 pontos

12º Antonio Félix da Costa/TAG Heuer Porsche – 6 pontos

13º Sacha Fenestraz/Nissan – 4 pontos

14º Edoardo Mortara/Maserati MSG Racing – 2 pontos

15º Stoffel Vandoorne/DS Penske – 1 ponto

16º Dan Ticktum/NIO 333 Racing – 1 ponto

 

Classificação do Mundial de Equipes:

1º Avalanche Andretti – 76 pontos

2º TAG Heuer Porsche – 74 pontos

3º NEOM McLaren – 53 pontos

4º Envision Racing – 41 pontos

5º Jaguar TCS Racing – 39 pontos

6º Mahindra Racing – 18 pontos

7º DS Penske – 7 pontos

8º Nissan – 4 pontos

9º Maserati MSG Racing – 2 pontos

10º NIO 333 Racing – 1 ponto

11º ABT Cupra – 0 ponto

 

Sobre a Fórmula E e o Campeonato Mundial ABB FIA Formula E > >

Como o primeiro Campeonato Mundial da FIA totalmente elétrico do mundo e o único esporte certificado com zero emissão de carbono desde o início, o Campeonato Mundial ABB FIA Formula E traz corridas dramáticas para o coração de algumas das cidades mais icônicas do mundo, fornecendo uma plataforma de elite do automobilismo com os principais fabricantes automotivos, para acelerar a inovação de veículos elétricos.

A rede de equipes, fabricantes, parceiros, emissoras e cidades-sede da Fórmula E está unida pela paixão pelo esporte e pela crença em seu potencial para acelerar o progresso humano sustentável e criar um futuro melhor para as pessoas e o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Para perguntas da mídia sobre a Fórmula E, entre em contato – media@fiaformulae.com

 

Sobre a ABB  > >

A ABB é líder em tecnologia em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente em termos de recursos. As soluções da empresa conectam know-how de engenharia e software para otimizar como as coisas são fabricadas, movidas, energizadas e operadas. Com base em mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB estão comprometidos em impulsionar inovações que aceleram a transformação industrial. www.abb.com