Atletas olímpicos aprovam etapa do Tour de France no Rio de Janeiro (RJ)

0
139
Nalbert pedalando o L'Étape Rio (Foto: @nalbert12)

Depois de sediar mega-eventos internacionais como a Copa do Mundo, os Jogos Pan-Americanos, a Olimpíada, as regatas de Volta ao Mundo e os Jogos Mundiais Militares, o Rio de Janeiro (RJ) promoveu no domingo (21) a primeira edição na cidade do L’Étape Brasil, prova chancelada pelo Tour de France. Mais de 2 mil ciclistas participaram da competição pelos cartões-postais mais famosos do país como a Praia de Ipanema, o Pão de Açúcar e os “Alpes Cariocas”, como a Vista Chinesa e a Mesa do Imperador.

A prova foi realizada com sede na Marina da Glória, palco da vela na Rio 2016.

O L’Étape Rio trouxe para a prova grandes nomes da história do esporte brasileiro, como o ciclista Murilo Fischer, com participação em cinco olimpíadas. Foi no percurso de 107 quilômetros, muito similar ao usado na Rio 2016, que o atleta se aposentou das pistas após correr os Jogos de Sydney 2000, Atenas 2004, Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016.

O embaixador do Tour de France no mundo aprovou o circuito após pedalar para se divertir e se emocionar no último domingo.

 

Murilo Fisher participou do L’Étape Rio
(Foto: Fotop)

“Sem dúvida foi sensacional, passar nas estradas da minha última competição foi uma emoção. Tenho que admitir que algumas lágrimas caíram, mas foi super legal participar dessa festa aqui do L’Étape no Rio. Super aprovado, essa aqui é uma prova para os gringos babarem”, disse Murilo Fischer.

Outro destaque do esporte brasileiro na prova do Rio de Janeiro (RJ) foi o campeão olímpico do vôlei Nalbert Bittencourt. Capitão da conquista em Atenas 2004, o carioca correu em casa e disse que o Tour de France veio para ficar na Cidade Maravilhosa.

Nalbert é uma das personalidades que mais esteve na prova. Em 2015, ele participou da primeira edição do L’Etape Brasil em Cunha (SP).

“Muita diversão, muita beleza natural, foi demais, que seja a primeira de muitas. As pessoas encontram muita beleza. É um trajeto mais plano que o de Campos do Jordão, o percurso tem menos subidas, a altimetria é bem menor, portanto vira uma prova bem mais rápida”, elogiou Nalbert.

Nalbert foi um dos participantes da prova
(Foto: Agência Ophelia/Fotop)

“Diante de tanta beleza natural, ainda mais para as pessoas que não são do Rio de Janeiro, é preciso se concentrar porque as paisagens, ainda mais no amanhecer, são maravilhosas. O importante é não se desconcentrar para não correr risco, a segurança em primeiro lugar”, comentou o campeão olímpico.

A prova de ciclismo amador é organizada também por um atleta olímpico. O velejador Bruno Prada, dono de duas medalhas na classe Star em 2008 e 2012, ajudou a trazer a competição para o Brasil em 2015 com parceria da A.S.O., empresa que chancela o Tour de France. Na avaliação de Bruno Prada, o L’Étape no Rio de Janeiro deve se consolidar como a maior prova da América Latina.

“Dentre todas etapas do Tour de France realizadas no mundo, o Brasil é a mais bem realizada e avaliada. Contamos com uma equipe de especialistas na modalidade e um grupo de pessoas preparadas para entregar uma prova de ponta, uma verdadeira experiência que só vemos em megaeventos esportivos mundiais. Colocar 2 mil pessoas nos cartões-postais do Rio de Janeiro e fazer a logística com todos as autarquias da prefeitura foi um desafio que deu super certo”, disse Bruno Prada.

 

L’Étape Rio foi realizado pela primeira vez
(Foto: Agência Ophelia/Fotop)

Resultados 

A primeira edição do L’Étape Rio by Tour de France foi realizada no domingo (21). O argentino Francisco Chamorro (Memorial), ex-atleta profissional, foi o grande campeão do percurso longo, completou a prova de 102 quilômetros por centésimos de segundos a frente do José Eriberto Filho, em segundo, e Alessandro Guimarães, em terceiro.

Com 25% de mulheres inscritas na capital fluminense, o L’Étape Brasil está na mesma página da tendência mundial, que cada vez mais conta com meninas nas provas. Na versão completa, a paulista Laís Saes seguiu à risca a sua estratégia traçada nos treinos pelas estradas do interior de São Paulo e dominou a prova de ponta à ponta.

Em segundo lugar na categoria feminina ficou a também paulista Carol Bilato, enquanto Bia Neres terminou em terceiro.

Na versão de 46 quilômetros, a vencedora foi a goiana Renata Novaes (Santi Treinos), seguida por Laís Papalardo e Carolina Sales. Luca Ascenço, também representante da Santi Treinos de Goiás, foi o ganhador no masculino da distância menor do L’Étape Rio.

Resultados oficiais

Mais informações:

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/

Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ

Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1