Startup HCA faz testagens de COVID-19 na Neo Química Arena

0
28

Mais de 50 pessoas que trabalham na Neo Química Arena foram testadas contra COVID-19 antes da partida entre Corinthians e São Bento, marcada para 20h, desta sexta-feira (16) pelo Campeonato Paulista.

Os testes realizados horas antes da partida tiveram parceria com a Vyttra Diagnósticos. Os testes foram um combo Covid Antígeno e Influenza A e B. Os resultados ficaram prontos em 15 minutos.

“É muito importante detectar o vírus mais rápido possível para poder afastar a pessoa infectada dos demais. No mesmo teste a gente consegue identificar além da contaminação a influeza. HCA, Vyttra e Corinthians estão fazendo uma parceria muito importante para todos os funcionários do clube, assim todos ganham com essa parceira”, comentou Daniel Soares, diretor da Vyttra.

A parceria entre HCA, Vyttra Diagnóstico e Neo Química Arena seguirá para as próximas partidas no estádio da equipe alvinegra.

“É de total importância este exame! Ainda mais porque ficamos diariamente com os atletas. Esses exames são muito importante para garantir a saúde dos profissionais!”, disse Rodrigo Coca, fotógrafo oficial do Corinthians.

O HCA já é parceiro da equipe feminina do Corinthians e está envolvido em outros eventos esportivos e sociais, como Cufa e Boxing For You.

“Para nós os testes da HCA são muito importante porque estamos seguindo o protocolo novo da Federação Paulista. Os jogadores estão em uma bolha, eles saem dessa bolha e vão direto para o estádio assim a gente consegue ter um combate ao vírus. Então os funcionários também testados passam a segurança para todos do Corinthians”, finalizou Breno Augusto Felício, gerente da Neo Química Arena.

Sobre a HCA
A solução HCA (Health Control Assistant) tem o objetivo principal de auxiliar as instituições na retomada da integração social e econômica por meio dos processos de triagem, testagem, monitoramento e controle. Uma vez que a pandemia do coronavírus se comporta de forma dinâmica, o processo está em constante evolução e se baseia nos protocolos mais atuais estabelecidos pela OMS (Organização Mundial de Saúde).