Instituto Ingo Hoffmann oferece aulas de Badminton às crianças

0
50

Crianças e adolescentes atendidas no Instituto Ingo Hoffmann, localizado ao lado Centro Infantil Boldrini, na cidade de Campinas, no interior paulista, tiveram a oportunidade de praticar o badminton na última semana.
As atividades foram realizadas no espaço esportivo do Instituto, que tem a missão de oferecer mais conforto e qualidade de vida às crianças em tratamento do câncer e suas respectivas famílias.

A maioria das crianças não pode fazer atividades físicas, por recomendação médica, mas seus acompanhantes têm essa opção. As crianças em tratamento oncológico realizaram as atividades com a autorização médica.

“Conseguimos aproveitar o momento em que estamos com crianças mais velhas, já que assim é possível disponibilizar a eles essa brincadeira, que requer agilidade, reflexo e coordenação motora”, comentou Gabriela Silva, professora de educação física que coordenada as atividades.

Luís Gusttavo, de 11 anos, e Matheus Moraes, de 14, não conheciam o badminton e puderam experimentar a modalidade, olímpica desde 1974, no Instituto. “Na escola jogamos peteca, que é bem parecido, mas gostei muito de conhecer esse esporte”, disseram.

“As crianças brincaram dentro de suas limitações, apenas para vivenciar o esporte. Eles adoraram o jogo”, completa Gabriela.

O espaço conta também com esteiras, bicicletas ergométricas, halteres e bola de pilates. As atividades no espaço fazem parte do projeto Famílias do Instituto em Ação Esporte, que visa levar a prática de atividades físicas aos pais e crianças hospedados dentro da associação.

A viabilidade deste projeto, denominado Famílias do Instituto em Ação Esporte, se dá através da Lei de Incentivo ao Esporte, programa de incentivo do Ministério da Cidadania, Secretaria Especial do Esporte e tem como patrocinadores: CI&T, TENNECO, DR1V, WestRock, Banco Safra, ABL, 2º Tabelião de Protesto de Campinas e CRODA.

O Instituto

O Instituto Ingo Hoffmann é uma entidade beneficente e sem fins lucrativos fundado em 31/08/2005 tendo como missão inicial proporcionar maior oportunidade de cura para crianças em tratamento de câncer, através de uma parceria com o Centro Infantil Boldrini no projeto denominado Casa de Apoio à Criança e à Família. Trata-se de um modelo de moradia temporária.

No total são 30 chalés, divididos em 10 vilas, construídos em um terreno com mais de 6.000 metros quadrados, localizado ao lado do edifício da Radioterapia do hospital.

Além das acomodações, o local possui brinquedoteca, biblioteca, academia interna e externa, refeitório e lavanderia.

O objetivo da Casa da Criança e da Família é abrigar crianças em tratamento intensivo de câncer e seus acompanhantes, vindos de diversas regiões do Brasil e da América Latina para fazer tratamento no Centro Infantil Boldrini e não têm condições de serem mantidas por suas famílias fora de suas casas.

Mais informações em: http://www.ingohoffmann.org.br