Havan aposta em um incremento de 40% nas vendas de Páscoa

0
272
Chocolates de Gramado, barras trufadas, diversidade de marcas e tamanhos, além de facilidade de pagamento, são alguns dos motivos para o aumento nas vendas/Divulgação

Chocolates de Gramado, barras trufadas, diversidade de marcas e tamanhos, além de facilidade de pagamento, são alguns dos motivos para o aumento nas vendas

  A expectativa do varejo catarinense para a Páscoa é positiva. Para a Havan é mais do que positiva. Enquanto, de acordo com pesquisa da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL), está em torno de um crescimento de 4,5% comparado ao mesmo período do ano passado, para a maior rede de lojas de departamentos do Brasil a expectativa está em torno de 40%, índice que tem se mostrado verdadeiro desde que os chocolates começaram a chegar nas 123 lojas espalhadas pelo Brasil.

  De acordo com o gerente de compras de produtos, Aldemir Souza, entre os motivos para um crescimento acima do esperado pela maioria do varejo, estão a variedade de chocolates de Gramado, conhecidos por seus diferenciais, trufados, caixas de bombons diversas, mais cacau em alguns ovos, forma de pagamento facilitada em até 10 vezes e uma campanha de marketing em 3D, com a imagem do empresário Luciano Hang, que está agradando em cheio crianças e adolescentes.

 Para está Páscoa, a Havan comprou aproximadamente 2,3 milhões de caixas de bombom e 2,5 milhões de barras de chocolate. Isso sem contar os diversos tamanhos e marcas de ovos, coelhinhos e outros itens que agradam na data mais doce do ano.

 Itens que não devem sobrar nas prateleiras. De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira das Indústrias de Chocolates, Amendoim e Balas (ABICAB), de cada 10 brasileiros, 7 consomem chocolate. O estudo, realizado pelo IBOPE Inteligência, mostra que 75% da população consomem o alimento e 35% não troca o chocolate por outra comida ou bebida.

Encontre a Havan mais próxima em: http://cliente.havan.com.br/Portal/Filiais/Lojas

Fonte – Elaine Cristina Malheiros/New Age Comunicação