Décima Sétima atracação da montadora General Motors no Porto de Itajaí.

0
52
Desde novembro, a APM Terminal passou a atender com frequência quinzenal navios do tipo ROLL ON ROLL OFF /Imagens: Fabricio Pereira – Estagiário ASCOM/SPI.


Desembarque está acontecendo hoje, terça feira, no berço 3 e se aproxima de 20 mil veículos em menos de um ano.
Na manhã de hoje,terça-feira, 25, o Porto de Itajaí recebeu sua décima sétima embarcação com 1194 veículos a bordo do navio BALTIMORE HIGHWAY, importados da montadora General Motors (GM-Chevrolet).
De bandeira panamenha, o navio possui 180 metros de comprimento por 33 de boca (largura), e pertence ao Armador K-Line. A embarcação partiu do Porto de Altamira no México com veículos do modelo TRACKER, totalizando nesta carga 1.655.958,00 quilos.
A embarcação veio do Porto de Paranaguá (PR), e atracou às 07:30 horas de hoje no berço 3 (porto público), e a partir de 08 horas iniciaram suas operações pela APM Terminals (empesa arrendatária do Porto de Itajaí), utilizando-se do recinto alfandegado do porto público.
De acordo com informações da Gerência de Operações da Superintendência do Porto de Itajaí, as operações estão transcorrendo dentro do cronograma de desembarque com uma movimentação em média de 80 a 100 por hora. Sua desatracação está programada ainda hoje às 20 horas, seguindo roteiro marítimo para o Porto de Zarate, na Argentina.
A primeira atracação “teste” aconteceu em 09 de junho de 2018, quando foram desembarcados 500 veículos do modelo Cruise a bordo do navio de bandeira do Panamá, APOLLON HIGHWAY.
Com a atracação de hoje, o somatório total até agora é de 19.888 veículos importados pela montadora General Motors/Chevrolet.
Esse tipo de movimentação em portos é conhecido pelo sistema ROLL ON ROLL OFF – quando os veículos são conduzidos para fora do navio e encaminhados para uma área primária do porto.
Como praxe, os veículos descem por uma rampa sendo conduzidos ao Armazém 03 onde recebem vistoria por parte de profissionais da Gerência de Operação Portuária. Após o período de vistorias, os veículos são direcionados para uma nova área de apoio logístico locado pela APMT – empresa arrendatária do Porto de Itajaí.
No novo local, os veículos são carregados para as “Cegonheiras” e por fim, transportados aos seus locais de destino. Depois de passarem pelo serviço de nacionalização tem destino programado para as regiões Sul e Sudeste do país.
Desde novembro, a APM Terminal passou a atender com frequência quinzenal navios do tipo ROLL ON ROLL OFF, para a importação de veículos. Recentemente o contrato foi assinado com a APM Terminals para a vigência de um ano, após a fase de operações testes em Itajaí com linhas marítimas de diferentes países, entre eles os Estados Unidos, México, Brasil e Argentina.
“Dias atrás recebemos um desembarque e hoje mais um está sendo realizado no Porto de Itajaí. Isso credencia nosso porto demonstrando cada vez mais capacidade e eficiência dos nossos trabalhadores portuários. Continuamos no caminho certo dando de fato uma identidade para a nossa cidade juntamente com os avanços que o porto vem apresentando”, destacou Volnei Morastoni – Prefeito de Itajaí.
A montadora GM – Chevrolet, é pioneira no Brasil no seguimento de transporte marítimo de veículos e o Porto de Itajaí tem histórico associado a estas operações de cargas ROLL ON – ROLL OFF quando nas décadas de 1980, 1990 e 2000, operaram com os principais Armadores que atuam nessa área.
Ainda segundo informações da Gerência de Operações, a próxima atracação com veículos da GM está programada para o dia 15 de abril. Até lá o Porto de Itajaí ultrapassará a marca de mais de 20 mil veículos desembarcados pela montada GM.
“Estamos priorizando muito pela qualidade de serviço que está sendo apresentada através das operações Roll on Roll off. Assim como neste sistema, essa sempre foi uma das principais referências e características adotadas aqui no Porto de Itajaí em relação a todos os outros tipos de operações que realizamos. Sempre afirmo que é um orgulho conseguir tudo que nós conseguimos sobre o que vem sendo realizado nestes últimos dois anos, porque em um comparativo com outros portos públicos, nós estamos muito a frente”, acrescentou o Engº Marcelo Werner Salles – Superintendente do Porto de Itajaí.
Fonte – Luciano Sens – ASCOM.
Acesse: Facebook.com/radioitajaiweb