A Volvo Ocean Race agora passa a se chamar Ocean Race

0
153

Duas décadas depois de comprar os direitos de nome da regata da Whitbread, a Volvo transferiu a propriedade para um novo grupo, liderado por Richard Brisius e Johan Salén.

A mudança foi anunciada antes do final da regata do ano passado, e a transação completa foi concluída em Alicante, na Espanha, onde fica a sede da Volta ao Mundo.

A The Ocean Race ainda segue com a montadora sueca Volvo como parceira comercial, mas não como naming rights.

Dois tipos de barco competirão na regata de volta ao mundo: IMOCA 60s e os VO65s (usados nas duas últimas temporadas).

A Ocean Race tem equipes que já demonstram forte interesse em participar e cada tipo de barco será para um determinado grupo de velejadores.

Os IMOCAs ficarão com os atletas mais renomados e premiados; Já o VO65s com os novos velejadores

O Aviso de Regata foi publicado em dezembro e o período de inscrição oficial está aberto pela organização.

O comunicado da The Ocean Race diz que a edição de 2021-22 começará em Alicante, na Espanha, em 2021 e terminará na Europa no meio de 2022.


 

assine-mkt-anuncie1


O processo de inscrição das cidades-sede já está em andamento e a rota completa será anunciada ainda neste ano.

Mais informações em www.theoceanrace.com

O início

No ano 1973, a competição foi viabilizada com os apoios financeiros garantidos pelo patrocínio da Whitbread, que deu o nome à prova, e a British Royal Naval Sailing Association.

A partir de 2001, a Volvo Personvagnar AB, fabricante sueco de veículos e motores, passou a patrocinar a prova, dando origem ao nome.

De lá pra cá, grandes ícones da vela fizeram história na regata, incluindo o brasileiro Torben Grael, campeão em 2008-09.

Foi o bicampeão olímpico que comandou o único barco do país na prova, o Brasil 1 na edição 2005-06.