Superintendência do Porto de Itajaí realiza visita de inspeção a draga Utrecht.

0
31
Na terça-feira (28) o Porto de Itajai,  realizou Na terça-feira (28)  uma visita de inspeção a draga Utrecht, da empresa Van Oord (Holanda),
Na terça-feira (28) o Porto de Itajai, realizou Na terça-feira (28) uma visita de inspeção a draga Utrecht, da empresa Van Oord (Holanda),

 

 

Superintendência do Porto de Itajaí realiza visita de inspeção a draga Utrecht.
Visita aconteceu com presença de órgãos ambientais e técnicos da Univali.
Superintendência do Porto de Itajaí realiza visita de inspeção a draga Utrecht.
Visita aconteceu com presença de órgãos ambientais e técnicos da Univali.
Na terça-feira (28) o Porto de Itajai, realizou na terça-feira (28) uma visita de inspeção a draga Utrecht, da empresa Van Oord (Holanda), atual contratada a fazer operações de restabelecimento de profundidade no Rio Itajaí-Açu.

A draga atua na região desde a terceira semana de Janeiro está com o prazo de 60 meses de operação e sua ação tem extrema importância para as atividades de cabotagem, importação e exportação, pois a cada metro de profundidade resulta em mais 800 contêineres por navio.

A draga atua na região desde a terceira semana de Janeiro está com o prazo de 60 meses de operação e sua ação tem extrema importância para as atividades de cabotagem, importação e exportação
A draga atua na região desde a terceira semana de Janeiro está com o prazo de 60 meses de operação e sua ação tem extrema importância para as atividades de cabotagem, importação e exportação

A draga tem capacidade para até 19 mil litros de “material” e realiza cerca de 12 ciclos (dragagem + despejo e destinação de resíduos) por dia, onde leva cerca de 40 minutos para dragagem de área e 30 minutos de viagem junto com a operação de
despejo em área com autorização da FATMA e Marinha do Brasil em torno de 6km da costa de Itajaí e Navegantes.
Um fator que chama a atenção nas operações da draga é o fato de todos os dias serem retirados duas caçambas de resíduos. Estes materiais (móveis, pedras, redes de pesca, pneus, plásticos, lonas, etc), tem destinação especifica para reciclagem apropriada.


 

anucie aqui


Na inspeção a Gerência do Meio Ambiente, técnicos e professores da Univali e profissionais de órgãos ambientais tiveram a chance de assistir como é feito todo o processo de sucção da draga, o método para remoção e despejo em alto mar, assim como o modus operandi da tripulação da draga Utrecht, que conta com o apoio da embarcação Sangue Bom durante sua rotina.
Toda a visita foi acompanhada pelo Instagram do Porto de Itajaí.


Fonte – Texto e Fotos: Fabrício Zarrilli Pereira/Porto de Itajai