Alunos do Projeto Ituano “Nadando com Marcelo Chierighini” recebem certificados de participação

0
202
Foto: On Board Sports
Foto: On Board Sports
Foto: On Board Sports

Atletas do Projeto Natação Ituana “Nadando com Marcelo Chierighini” receberam na última semana certificados de participação no projeto social desta temporada.

O projeto, que oferece aulas de natação gratuitas na cidade do interior paulista, atende crianças e adolescentes que devem estar matriculadas em uma unidade de ensino da cidade.

“Fechamos o ano de 2018 com chave de ouro, com os alunos recebendo os certificados de participação. Ao todo foram 350 atletas atendidos pelo projeto, tudo isso com o incentivo da Lei do Incentivo do Esporte, a Prefeitura de Itu, os apoiadores e ao Richardson Bocchini, presidente da APANI. Esperamos que em 2019 o projeto continue com esses e com novos apoiadores”, comenta Carlos Eduardo, coordenador do projeto.

No começo da temporada, o padrinho do projeto, o nadador olímpico Marcelo Chierighini, participou de festival de lançamento. Natural de Itu, o campeão pan-americano e brasileiro está na China representando o país no Campeonato Mundial de Piscina Curta.

As aulas são realizadas todos os dias da semana na piscina do Conjunto Aquático Cel. Fiori Marcelo Amantéa, em Itu. As crianças e adolescentes recebem todo material necessário para os treinos, como pranchas, toucas, maiôs e sungas, além de lanches após as aulas.

“Foi um ano fantástico, quero agradecer aos apoiadores, os professores, ao Marcelo Chierighini, a todos os envolvidos, que tornaram esse projeto um sucesso. Que 2019 o projeto venha com ainda mais força”, comentou Douglas Boschetti, Secretário de Esportes de Itu.

O Projeto Natação Ituana “” possui incentivo e apoio da Prefeitura de Itu e Lei do Incentivo ao Esporte.

“No ano de 2018 amentamos o número de crianças, chegamos a quase 400. As crianças evoluíram muito não só na natação, mas também na na escola, no dia-a-dia, o projeto além de todos os benefícios do esporte para a saúde, também educa. Foi um ano excelente”, finalizou Marcelo Matiusso, coordenador do projeto.