Volta ao Mundo divulga aviso de regata

0
14
Crédito: James Blake

Crédito: James Blake
Crédito: James Blake

A próxima edição da regata de Volta ao Mundo, prevista para começar em 2021, terá duas classes barcos segundo o primeiro aviso de regata divulgado pela organização. Usado na temporada 2017-18, o veleiro Volvo Ocean 65 segue no start list da competição de vela oceânica.

A novidade é a entrada do IMOCA 60, usado em provas como Vendee Globe e Transat Jacques Vabre. É um veleiro de 60 pés, que usa fólios e é um dos mais requisitados pelos atletas na Europa.

Após o lançamento do documento preliminar, os organizadores da regata continuarão a consultar as principais partes interessadas nas próximas semanas antes de abrir as inscrições.

A partir de 11 de dezembro de 2018, as equipes, sindicatos e velejadores podem anunciar suas campanhas.
A regra provisória diz que as equipes usando os barcos IMOCA 60 competirão pelo título geral da regata, enquanto as tripulações que comandam o VO65 participam do Youth Challenge Trophy. A maioria dos 10 velejadores no barco precisará ter menos de 30 anos de idade, com um mínimo de três atletas com menos de 26 anos.

“Essas regras vão garantir oportunidades para os melhores atletas de vela participarem do nosso evento”, disse Richard Brisius, CEO da volta ao mundo. ”Ao mesmo tempo, estamos abrindo uma porta mais ampla para os velejadores competirem em um dos eventos mais importantes do nosso esporte mais cedo, através do troféu da juventude”.
A sustentabilidade e a abertura para ainda mais mulheres na regata continuam!

Em 2017-18, a Volvo Ocean Race teve, pelo menos, duas atletas por barco. A brasileira Martine Grael fez história a bordo do team AkzoNobel.

“Historicamente, as inovações de design e desempenho têm sido um componente importante do sucesso nesta regata desde 1973”, disse o co-presidente Johan Salén.

“A classe IMOCA 60 está na vanguarda da tecnologia para monocascos offshore e os velejadores e designers estarão buscando todas as vantagens técnicas que encontrarem.” Nas próximas semanas e meses, mais informações serão divulgadas, incluindo detalhes sobre a rota, a regra da classe IMOCA e novas iniciativas de sustentabilidade que se baseiam no programa premiado.