Tênis -Chave principal da categoria 18 anos masculina do 48 edição Banana Bowl tem quatro brasileiros e quatro top 10

0
62

 

Brasileiro Thiago Wild (à dir.) foi vice-campeão da categoria 18 anos em 2017/Imagem : Maurício Vieira/Arquivo CBT
Brasileiro Thiago Wild (à dir.) foi vice-campeão da categoria 18 anos em 2017/Imagem : Maurício Vieira/Arquivo CBT

 

Florianópolis – A ITF divulgou a lista de atletas inscritos na categoria 18 anos do 48º Banana Bowl 2018. A chave principal conta com quatro tenistas entre os top 10 do ranking mundial juvenil: o argentino Sebastian Baez (4º), o sul-coreano Uisung Par (5º), o colombiano Nicolas Mejia (9º) e o americano Andrew Fenty (10º). Quatro brasileiros também estão confirmados: o pernambucano João Lucas Reis (32º) e os paulistas Matheus Pucinelli (34º), Igor Gimenez (47º) e Mateus Alves (67º). Outros quatro disputarão as oito vagas do quali: o brasiliense Gilbert Klier (83º), o mineiro João Ferreira (84º), o equatoriano naturalizado brasileiro Mateo Reyes (154º) e o paulista Diego Padilha (155º). No feminino, a mineira Marina Figueiredo será a representante nacional.

Assim como na edição do ano passado, o 48º Banana Bowl 2018 se dividirá entre as cidades de Criciúma-  sul de Santa Catarina, onde será realizada a categoria 18 anos, e Caxias do Sul no Rio Grande do Sul, que sediará as disputas das demais categorias: 12, 14 e 16 anos, além do Tennis Kids (de 8 a 11 anos).

Em Criciúma, o palco dos confrontos será novamente a Sociedade Recreativa Mampituba, que tem seis quadras abertas e outras seis cobertas e que fez diversas melhorias em suas instalações desde a última edição. Em Caxias, a sede será o Recreio da Juventude, que também possui uma excelente estrutura.

As disputas da chave principal das categorias 18, 16 e 14 anos vão de 19 a 24 de fevereiro, com os dias 17 e 18 reservados para o quali. As categorias 12 anos e Tennis Kids ocorrerão de 21 a 25 de fevereiro.

O Banana Bowl é um dos torneios mais tradicionais da América do Sul. Inspirado no norte-americano Orange Bowl, a competição foi criada por Alcides Procópio em 1968, durante o congresso da Confederação Sul-Americana de Tênis em Caracas, na Venezuela.

Tenistas de destaque de vários países já passaram pelas quadras do Banana Bowl, como John McEnroe, Ivan Lendl, Andy Roddick, Thomas Muster, Yannick Noah, Kei Nishikori, Juan Martin Del Potro, Gabriela Sabatini, Dominika Cibulkova, Svetlana Kuznetsova, Ana Ivanovic, Eugenie Bouchard e Monica Puig. Entre os brasileiros, Gustavo Kuerten, Cássio Motta, Fernando Meligeni, Jaime Oncins, Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro, Patrícia Medrado, Niege Dias, Andrea Vieira, Teliana Pereira e Beatriz Haddad Maia também disputaram o torneio. Em 2017, o paranaense Thiago Wild foi vice-campeão da categoria 18 anos.

O Gerente de Esportes e Eventos da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e diretor da categoria 18 anos do Banana Bowl, Eduardo Frick, destacou a importância da competição, principalmente para os atletas que estão na transição. “É de extrema importância, primeiro pela tradição que o Banana tem. Por aqui passaram vários jogadores que depois tiveram uma projeção muito grande internacional. O histórico do Banana mostra isso. É muito importante os atletas entenderem que esse torneio faz parte do processo de transição deles, onde eles poderão adquirir experiência e jogar com atletas de outros países que estão buscando o mesmo objetivo que eles. E já serve de termômetro para saber como eles estão em comparação com esses outros atletas num nível internacional”, avaliou.

O dirigente também ressaltou a estrutura dos dois clubes sede e a aprovação dos tenistas e técnicos. “Os dois clubes são fantásticos. No ano passado, nós tivemos um feedback muito positivo dos treinadores, dos jogadores e também da Cosat e da ITF. Todos aprovaram a divisão que fizemos de levar as categorias 12, 14 e 16 anos e Kids para Caxias do Sul e realizar a 18 anos em Criciúma, por isso estamos repetindo este ano. Eu estive semana passada no Mampituba, em Criciúma, conferindo o local, eles construíram novas instalações e estão em melhores condições ainda para sediar um torneio desse porte”, completou.

Na sequência do Banana Bowl, o Brasil sediará outros dois torneios de peso: o Campeonato Internacional de Porto Alegre, ITF GA que será disputado de 24 de fevereiro a 4 de março, e a Copa Jaime Oncins, ITF G B1, que ocorrerá em São Paulo, de 5 a 11 de fevereiro.

O Banana Bowl é organizado pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT), em parceria com a Federação Catarinense de Tênis (FCT) e com a Federação Gaúcha de Tênis (FGT), e com supervisão da Federação Internacional de Tênis (ITF) e da Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat).

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio dos Correios e o co-patrocínio da Wilson, Peugeot e Companion SPORTS. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte. Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.br, www.facebook.com/cbtoficial, www.twitter.com/cbtenis, www.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.

Atletas inscritos na chave principal masculina

1  Sebastian BAEZ (ARG) 4

2  Uisung PARK (KOR) 5

3  Nicolas MEJIA (COL) 9

4  Andrew FENTY (USA) 10

5  Juan Manuel CERUNDOLO (ARG) 11

6  Thiago Agustin TIRANTE (ARG) 12

7  Naoki TAJIMA (JPN) 15

8  Tristan BOYER (USA) 18

9  Daniel MICHALSKI (POL) 19

10  Adrian ANDREEV (BUL) 24

11  Drew BAIRD (USA) 26

12  Nick HARDT (DOM) 27

13  Clement TABUR (FRA) 28

14  Carlos LOPEZ MONTAGUD (ESP) 29

15  Joao Lucas REIS DA SILVA (BRA) 32

16  Yanki EREL (TUR) 33

17  Matheus PUCINELLI DE ALMEIDA (BRA) 34

18  Taisei ICHIKAWA (JPN) 38

19  Filip Cristian JIANU (ROU) 39

20  Christian Didier CHIN (MAS) 45

21  Igor GIMENEZ (BRA) 47

22  Govind NANDA (USA) 48

23  Leonid SHEYNGEZIKHT (BUL) 51

24  Deney WASSERMANN (NED) 53

25  Keenan MAYO (USA) 55

26  Tyler ZINK (USA) 56

27  Alejandro VEDRI ASENSI (ESP) 59

28  Damien WENGER (SUI) 61

29  Axel NEFVE (USA) 63

30  Mateus ALVES (BRA) 67

31  Brian SHI (USA) 69

32  Seon Yong HAN (KOR) 70

33  Sangeet SRIDHAR (USA) 74

34  Christopher LI (PER) 1367

 

Atletas inscritos no quali masculino

1  Tomas DESCARREGA (ARG) 77

2  Brandon NAKASHIMA (USA) 79

3  Facundo DIAZ ACOSTA (ARG) 80

4  Gilbert SOARES KLIER JUNIOR (BRA) 83

5  Joao FERREIRA (BRA) 84

6  Alejo Lorenzo LINGUA LAVALLEN (ARG) 88

7  Jaimee Floyd ANGELE (FRA) 93

8  Peter MAKK (HUN) 94

9  Lodewijk WESTSTRATE (NED) 95

10  Aaron SCHMID (SUI) 98

11  Mathys ERHARD (FRA) 105

12  William WOODALL (USA) 110

13  Tomas KOPCZYNSKI (USA) 111

14  Emilio NAVA (USA) 114

15  Eliot SPIZZIRRI (USA) 116

16  William GRANT (USA) 117

17  Nathan HAN (USA) 118

18  Agustin RIQUELME COPPARI (ARG) 119

19  Sebastian RODRIGUEZ (PER) 122

20  Henry VON DER SCHULENBURG (SUI) 126

21  Daniil GLINKA (EST) 129

22  Ronan JACHUCK (USA) 130

23  Marcelo SEPULVEDA GARZA (MEX) 131

24  Brandon PEREZ (VEN) 135

25  Dominik PALAN (CZE) 137

26  Eric VANSHELBOIM (UKR) 144

27  Lleyton CRONJE (RSA) 146

28  Antonio Cayetano MARCH (ECU) 149

29  Pierce ROLLINS (USA) 152

30  Mateo BARREIROS REYES (BRA) 154

31  Diego RIVIERE PADILHA (BRA) 155

32  Roman Andres BURRUCHAGA (ARG) 157

33  Shunsuke MITSUI (JPN) 161

34  Boris KOZLOV (USA) 164

35  Nicolas ALVAREZ VARONA (ESP) 168

36  Sebastian WELCH (CHI) 169

37  Arnaud BOVY (BEL) 178

38  Blu BAKER (GBR) 181

39  Michele VIANELLO (ITA) 183

40  Bruno CAULA (ARG) 184

41  Mark MANDLIK (USA) 201

 

Atletas inscritas na chave principal feminina

1  Maria Camila OSORIO SERRANO (COL) 8

2  Alexa NOEL (USA) 19

3  Margaryta BILOKIN (UKR) 25

4  Gergana TOPALOVA (BUL) 31

5  Clara BUREL (FRA) 33

6  Hailey BAPTISTE (USA) 40

7  Sohyun PARK (KOR) 43

8  Ania HERTEL (POL) 46

9  Kamilla RAKHIMOVA (RUS) 52

10  Hurricane Tyra BLACK (USA) 55

11  Draginja VUKOVIC (SRB) 57

12  Peyton STEARNS (USA) 59

13  Viktoria MORVAYOVA (SVK) 60

14  Mariam DALAKISHVILI (GEO) 61

15  Lea MA (USA) 63

16  Clara TAUSON (DEN) 64

17  Elizabeth MANDLIK (USA) 66

18  Ali COLLINS (GBR) 67

19  Georgia DRUMMY (IRL) 68

20  Selin OVUNC (TUR) 70

21  Chloe BECK (USA) 71

22  Vanessa ONG (USA) 78

23  Ana MAKATSARIA (GEO) 80

24  Nicole MOSSMER (USA) 85

25  Manon LEONARD (FRA) 87

26  Maria Gabriela RIVERA CORADO (GUA) 88

27  Katie VOLYNETS (USA) 89

28  Sabina DADACIU (USA) 91

29  Daria FRAYMAN (RUS) 93

30  Loudmilla BENCHEIKH (FRA) 95

31  Anastasia IAMACHKINE (PER) 96

32  Stefania ROGOZINSKA DZIK (POL) 98

33  Valentina IVANOV (NZL) 101

34  Leylah Annie FERNANDEZ (CAN) 106

 

Atletas inscritas no quali feminino

1  Lenka STARA (SVK) 108

2  Alexandra VAGRAMOV (CAN) 116

3  Maria KRUPENINA (RUS) 117

4  Anna ARKADIANOU (GRE) 122

5  Anastasia TIKHONOVA (RUS) 127

6  Zoziya KARDAVA (GEO) 129

7  Dana GUZMAN (PER) 130

8  Shelly YALOZ (USA) 139

9  Ana GELLER (ARG) 141

10  Katya TOWNSEND (USA) 144

11  Polina GUBINA (UKR) 147

12  Varvara GRACHEVA (RUS) 149

13  Romana CISOVSKA (SVK) 156

14  Pilar ASTIGARRAGA HARPER (ESP) 157

15  Marta CUSTIC (ESP) 158

16  Skyler Marie Grace GRISHUK (USA) 163

17  Kianah MOTOSONO (USA) 165

18  Nina STANKOVSKA (SVK) 167

19  Andjela SKROBONJA (SRB) 169

20  Veronika PEPELYAEVA (RUS) 170

21  Sanyukta GAWANDE (USA) 172

22  Victoria ALLEN (GBR) 175

23  Andrea Agostina FARULLA DI PALMA (ARG) 179

24  Romina CCUNO (PER) 181

25  Destinee MARTINS (GBR) 182

26  Marina FIGUEIREDO (BRA) 192

27  Punnin KOVAPITUKTED (THA) 194

28  Hina INOUE (USA) 195

29  Kacie HARVEY (USA) 196

30  Dyane Estefania BARCENA DEL BOSQUE (MEX) 212

31  Addison GUEVARA (USA) 214

32  Dakota FORDHAM (USA) 215

33  Mylene HALEMAI (FRA) 228

34  Gabriella PRICE (USA) 233

35  Shavit KIMCHI (ISR) 238

36  Michaela KADLECKOVA (SVK) 240

37  Nikki REDELIJK (USA) 241

38  Ekaterina VINNIK (RUS) 242

39  Maia Guillermina HAUMULLER (ARG) 246

40  Kylie COLLINS (USA) 247

41  Rut GALINDO (GUA) 249



 

Fonte – Juliana Pamplona / Matheus Joffre