Balneário Camboriú pode ganhar um porto para atração de navios de cruzeiros marítimos de até 360 metros

0
274

bc12

A iniciativa é da PDBS Ports Developed by Shiphandlerss. O projeto foi aprovado pelo Conselho da Cidade de Balneário Camboriú.


* Adilson Pacheco, Itajaí
Da Redação
Post:07/04/016-08:26


 

A cidade de Balneário Camboriú pode ganhar um novo equipamento para o aumento de sua infraestrutura turística. Trata-se do BC Port, um porto para atração de navios de cruzeiros marítimos de até 360 metros e será o primeiro “Entertainment Port do Brasil”. A iniciativa é da PDBS Ports Developed by Shiphandlerss, presidida pelo empresário André Rodrigues Guimarães que se lança no mercado prospectando que “será melhor empresa de desenvolvimento de portos do mundo”.

A PDBS ganhou mais uma avanço para a consolidação de seus projeto. O BC Port foi aprovado no último dia de março pelo Conselho da cidade de Balneário Camboriú, garantindo assim mais um passo para sua concretização. Entretanto, o projeto foi oficialmente apresentado ao mercado internacional na Sea Trade Cruise Global, a mais importante feira de negócios do mercado de cruzeiros marítimos, em Ft. Lauderdale – Flórida, EUA realizada em março.

    O porto de turismo marítimo vai ter shopping, restaurantes, escritórios das companhias marítimas, estação meteorológica e controle de tráfego marítimo, posto da Marinha do Brasil,
Posto alfandegário e aduana. Para a concretização do projeto a empresa conta com parceria com A Tucumann Engenharia, e G&B possui experiência em desenvolvimento, planejamento e comercialização de shopping centers no país.

Conselho da cidade
Durante a reunião do conselho um dos temas abordados na reunião por representantes da empresa foi que, com a realização do empreendimento, o BC PORT viabilizará a rota de cruzeiros marítimos mais desejada do planeta. “Da Floresta Tropical ao Fim do Mundo”, um cruzeiro de 10 a 12 dias partindo de Balneário Camboriú, passando por Punta del Este e as praias do Uruguai, navegando pelo Mar da Patagônia (Argentina), com escala em Porto Madryn (lar dos pinguins imperadores). Seguindo ao Sul avistando baleias até o extremo geográfico do planeta, na exótica Ushuaia, local onde poucos tiveram o privilégio de conhecer, “El Fin del Mundo”, visualizando glaciares, icebergs, focas e pinguins. No retorno, haverá a opção de escala nas históricas Ilhas Falkland (Ilhas Malvinas) até Buenos Aires, onde se desfrutará da cultura e da gastronomia portenhas, voltando então a Balneário Camboriú com suas belezas naturais e diversas atrações.Tal rota atrairá turistas do mundo inteiro a Balneário Camboriú, e colocará a cidade definitivamente nos roteiros internacionais de turismo, defenderam os empreendedores.

Portos de entretenimento?
Segundo a empresa, muitos são os fatores que influenciam no desempenho portuário e, neste contexto, a qualidade da estrutura organizacional e operacional da retro área é fundamental, pois deve garantir com total segurança e rapidez o fluxo da movimentação das mercadorias que serão embarcadas/desembarcadas pelo terminal portuário. Em geral, utilizam-se indicadores de desempenho para tentar mensurá-la, dentre os quais se destacam: no caso de cargueiros, o número de movimentos de cada navio por hora e número de movimentos por área total do terminal.
Qual a retro área de um porto de navios de passageiros?
Basicamente, 3 fatores:
São portos destinados exclusivamente para navios de passageiros, turistas em férias.
Atrações turísticas regionais, como centros históricos, gastronomia, compras, parques temáticos, entre outros, devem ser localizados nas proximidades do terminal.
A mais de 12 anos, empresas relacionadas a cruzeiros marítimos, vem desenvolvendo o conceito de entertainment port design, que são portos exclusivos para o recebimento de navios de passageiros. Esses portos oferecem infraestrutura de lazer próximo ao berço de atracação.

Fonte:Site:http://www.shiphandlers.com.br/





*EDIÇÃO DA REDAÇÃO/ EDITORIAL EDITION
*Edição – Adilson Pacheco
MTB: 0002362/SC
E-mail: adilsonpachecoredacao@gmail.com.br
Facebook:https://www.facebook.com/adilson.pacheco.75
Facebook: https://www.facebook.com/Regata-News-698702346874230/?fref=ts
Issuu: https://issuu.com/regatanew_sc