Cantora e compositora Luíza Caspary lança o single “Minha História”

0
44

 

A cantora e compositora Luíza Caspary — que tem se destacado no cenário musical brasileiro pela proposta de fazer música acessível a pessoas surdas e ensurdecidas — lançou, no dia 18 de janeiro (sexta-feira), o single “Minha História”
A cantora e compositora Luíza Caspary — que tem se destacado no cenário musical brasileiro pela proposta de fazer música acessível a pessoas surdas e ensurdecidas — lançou, no dia 18 de janeiro (sexta-feira), o single “Minha História”

 

A cantora e compositora Luíza Caspary — que tem se destacado no cenário musical brasileiro pela proposta de fazer música acessível a pessoas surdas e ensurdecidas — lançou, no dia 18 de janeiro (sexta-feira), o single “Minha História”. A música fará parte de seu novo álbum “Mergulho”, que contará com nove canções autorais e será lançado ainda este ano. “A letra brinca ao falar sobre relacionamento através do vocabulário musical e tem um groove bem apropriado para esquentar mais ainda o verão”, conta Luiza.

Assim como todos os vídeos do álbum, o single conta com videoclipe com Libras (Língua Brasileira de Sinais) e LSE (Legenda para Surdos e Ensurdecidos) em tela cheia, simultaneamente à interpretação musical.

A cantora Rhaissa Bittar foi quem dirigiu todos os vídeos. A própria Luiza e sua mãe — a atriz, locutora e audiodescritora Márcia Caspary, que também é membro da ABAD (Associação Brasileira de Audiodescrição) — foram responsáveis pela coordenação de acessibilidade.

Com letras em português, a sonoridade transita entre pop, folk, rock, eletrônico e erudito. “Mergulho” foi produzido pelo gaúcho Lou Schmidt e será distribuído pelo selo Dafne Music. O disco terá ainda canções com participações dos artistas Jair Oliveira, Juliana Strassacapa, Estevão Queiroga, Necka Ayala e Gabriel Von Brixen.

Foi a influência materna que direcionou o trabalho da Luiza Caspary na música acessível. Com o objetivo de fazer música acessível a pessoas surdas e ensurdecidas, ao mesmo tempo em que desperta a curiosidade para aprender a Língua Brasileira de Sinais, em 2011, a artista lançou seu primeiro videoclipe com propósito inclusivo, ‘O Caminho Certo’, que é um dos pioneiros de um artista brasileiro feito com audiodescrição. Por este trabalho e o fato de ter um site acessível, Luiza foi premiada durante as Paralimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, pela W3C, organização responsável pelas diretrizes de acessibilidade da internet.

Baiana de nascimento e paulista de coração, Luiza Caspary ingressou na carreira artística aos oito anos. Em 2013, a cantora lançou seu primeiro disco, homônimo à música, que rodou o Brasil e a Europa com canções em português, inglês e espanhol. Com mais de sete mil campanhas publicitárias veiculadas com a sua voz, além de ter feito parte do coro infantil da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e de diversos musicais no teatro, Luiza já compôs mais de 100 canções que foram utilizadas em repertórios de outros artistas e como trilha sonora de séries de TV e filmes. A artista também atua como dubladora em animações e com localização de games estrangeiros no Brasil. É a voz de personagens como Ellie, do The Last Of Us, Clementine, de The Walking Dead; e Faith, em FarCry 5.

Área de anexos

Visualizar o vídeo Luiza Caspary – Minha História | Video Libras do YouTube

Luiza Caspary – Minha História | Video Libras

Visualizar o vídeo ♫ O Caminho Certo ♫ – Luiza Caspary (Videoclipe com Audiodescrição) do YouTub

♫ O Caminho Certo ♫ – Luiza Caspary (Videoclipe com Audiodescrição)