Alemanha – Torben Grael e Bruno Prada competem no City Grand Slam no lago de Hamburgo

0
120

Slide2

Torben Grael e Bruno Prada, competem a partir desta terça-feira no City Grand Slam no lago de Hamburgo, Alemanha, pela Star Sailors League (SSL). O evento inédito distribui 100 mil dólares em prêmios e atribui 3.000 mil pontos no ranking da SSL aos vencedores. Cidade alemã será tomada pelas principais duplas da classe Star, de 20 países, no City Grand Slam a partir desta terça-feira (3) no Lago de Alster



 

 


 

Torben

 

São Paulo –  Mais de 80 duplas de 20 países, incluindo-se os brasileiros medalhistas olímpicos e campeões mundiais, Torben Grael e Bruno Prada, competem a partir desta terça-feira no City Grand Slam no lago de Hamburgo, Alemanha, pela Star Sailors League (SSL). O evento inédito distribui 100 mil dólares em prêmios e atribui 3.000 mil pontos no ranking da SSL aos vencedores.

Slide1

O francês Xavier Rohart, bronze na classe Star nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, ajudou a criar a SSL e é o atual comodoro da liga. Quarto colocado no ranking dos timoneiros, Xavier espera uma festa da vela em Hamburgo. “É mais um grande passo da SSL. O Lago de Alster será transformado em uma arena da vela onde os principais velejadores da classe garantirão o alto nível das regatas em uma das melhores rais urbanas do mundo”.

   A realização do primeiro City Grand Slam na Alemanha, conta com apoio incondicional do prefeito Olaf Scholz, ciente da vocação náutica da cidade que administra. “Hamburgo é uma metrópole verde às margens do Rio Elba e possui tradição centenária na vela. Aproveitaremos a oportunidade da SSL para comemorarmos os jubileus de 85 anos da flotilha de Star no Lago de Alster e da 50ª edição do Prêmio Erich Laeisz, em homenagem a um dos pioneiros da vela na Alemanha”.

 281805_598643_ssl_lake_editado

 

Um dos maiores entusiastas do evento é o comodoro do clube anfitrião, Norddeutscher Regatta Verein (NRV), fundado em 1868. Andraes Christiansen está orgulhoso por receber a inédita competição da mais nobre classe entre os barcos monotipos. “O NRV realizou inúmeras regatas nacionais e internacionais de várias classes ao longo dos últimos 150 anos. No entanto, esta competição representa um marco histórico para o clube porque nosso ex-comodoro, Erich Laeisz, foi quem trouxe o primeiro Star dos Estados Unidos para o NRV, no início do século anterior. Os cidadãos de Hamburgo terão o privilégio de ver de perto medalhistas olímpicos e campeões mundiais”, enfatiza o prefeito alemão.

   Regatas eliminatórias – A forma de disputa da SSL é garantia de emoção. Na primeira fase os 80 barcos serão divididos em flotilhas amarela, azul e vermelha, com previsão de seis regatas para cada grupo. Os 30 mais bem classificados seguem para a segunda fase, com mais cinco regatas. Os dez primeiros avançam para três regatas eliminatórias: quartas de final, semifinal e final, com oito, seis e quatro barcos, respectivamente, sendo que o vencedor da segunda fase vai direto para a final, enquanto o segundo colocado se garante na semifinal. As regatas decisivas estão previstas para sábado (7/5).


Fonte: Ary Pereira Jr –




*EDIÇÃO DA REDAÇÃO/ EDITORIAL EDITION
*Edição – Adilson Pacheco
MTB: 0002362/SC
E-mail: adilsonpachecoredacao@gmail.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/adilson.pacheco.75
Facebook: https://www.facebook.com/Regata-News-698702346874230/?fref=ts
Issuu: https://issuu.com/regatanew_sc
http://www.dailymotion.com/adilson-pacheco1