Família Schurmann são os embaixadores da Marina Itajaí

1
239

Marina  (1)

Além de estampar a campanha os Schurmann deixarão na Marina seu barco Aysso, com mais de 50 pés

Edição – Adilson Pacheco
Fonte – Alex Ferrer – Agêncisa A
Post – 4/9-20:15

A Família Schurmann vem escrevendo há mais de 30 anos uma história de como sonhos podem se tornar realidade se houver vontade, coragem e planejamento. Atualmente, percorrendo a Expedição Oriente, os Schurmann uniram seu nome a Marina Itajaí, em Santa Catarina, que após a conclusão será a maior marina do Brasil.

Segundo um dos sócios da marina, o engenheiro Manuel Carlos Maia de Oliveira, houve um interesse mútuo entre a Marina Itajaí e a família Schurmann, que viu no local a oportunidade de ter seu barco bem cuidado. “Quando tomamos conhecimento do tamanho e importância do empreendimento para Itajaí e para o estado de SC, logo imaginamos que precisávamos de alguém com credibilidade e conhecimento internacional no segmento. Alguns nomes foram levantados, mas a Família Schurmann, além de ser catarinense, tinha algo a mais: a imagem de FAMÍLIA que passa segurança. Esse é um dos valores da Marina Itajaí. Você poder atracar seu barco no centro da cidade, com total segurança para as pessoas e barcos. Além do mais, duas voltas ao mundo não é para qualquer marinheiro”, comenta o engenheiro.

Primeiros brasileiros a dar a volta ao mundo de veleiro, os Schurmann já cruzaram os 3 oceanos e 7 continentes do planeta em suas aventuras pelos mares que começaram em 1984, quando deixaram a segurança da vida em terra firme em busca de um sonho vivido em família.

Em setembro de 2014 embarcaram em uma nova aventura, que só deve terminar em dezembro de 2016: a Expedição Oriente. Serão cinco continentes visitados pela família a bordo do Veleiro Kat, primeiro construído pelos Schurmann e batizado em homenagem a filha adotiva do casal, Kat, que faleceu em 2006 em decorrência do vírus HIV.

O veleiro de 80 pés percorrerá 29 países durante a Expedição Oriente: Uruguai, Argentina, Antártica, Chile, Ilha de Páscoa, Ilha Pitcairn, Polinésia Francesa, Ilhas Cook, Samoa Americana, Samoa, Tonga, Fiji, Nova Zelândia, Austrália, Papua Nova Guiné, Guam, Ilhas Marianas Setentrionais, Japão, China, Vietnã, Indonésia, Singapura, Arquipélago de Chagos, Atol de Cargados Carajos, Maurício, Ilha Reunião, Madagascar, África do Sul, Ilha de Santa Helena, além do Brasil.

Serão cerca de 2 anos e três meses no mar, mas o carinho e cuidado com os veleiros que fazem parte da história da família não foi deixado de lado. O Veleiro Aysso, que já transportou os Schurmann em 4 expedições ficará ancorado na Marina Itajaí.

“Nós já passamos por três oceanos, duas voltas ao mundo. E essa marina, a Marina Itajaí está em nível mundial top”, explicou Vilfredo Schurmann, o patriarca da família.

A escolha não é por acaso. A Marina Itajaí terá investimentos que devem passar de R$ 40 milhões, num complexo que terá mais de 10 mil m² de área construída em terra e 120 mil m² de espelho d´água.

No total serão 344 vagas secas e 564 molhadas e a previsão é entregar a primeira fase em novembro deste ano. “Nesta primeira fase será concluída toda a infraestrutura da Marina, Sede Administrativa com Loja de Conveniências e Restaurante, Prédio de Serviços, Estacionamento (Parcial), Guarita, Estação de Tratamento de Esgotos, Posto de Abastecimento, Armazém Dry-Stack (Empilhados – Vagas Secas) para 155 embarcações e os píeres flutuantes com mais 165 vagas molhadas, totalizando 320 vagas prontas”, informou o gerente de engenharia da Marina Itajaí, o engenheiro Jétro Barboza de Oliveira.

Na segunda fase, com entrega prevista para 2019 serão construídos mais dois Armazéns e cinco linhas de flutuantes completando as 900 vagas. A segunda fase também contempla a área comercial, estacionamento e Boulevard.

Além das vagas, a Marina Itajaí possui áreas comerciais com diversos serviços. A área privativa da Marina comporta 344 vagas secas, 2 “forklifts” e 1 “travelift” com capacidade para até 75 toneladas, com serviço de limpeza e manutenção das embarcações. O complexo ainda terá um estacionamento com 538 vagas com “valet” e uma sede social moderna e equipada com loja de conveniência e lounge.

CONHEÇA A FAMÍLIA SCHURMANN

VILFREDO SCHURMANN

Economista graduado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Vilfredo Schurmann foi consultor financeiro de grandes corporações brasileiras, tais como Ceval (hoje, Bunge), Weg AS e outras. Aos 35 anos de idade, trocou uma carreira bem-sucedida e a vida em terra firme pelo prazer de desfrutar momentos de aventura junto com sua família, navegando pelo mundo em um veleiro.

HELOISA SCHURMANN

Graduada Professora de Inglês pela New York University com especialização na área de Pedagogia, Heloísa Schurmann educou os quatro filhos nas duas expedições de volta ao mundo da Família Schurmann. Pesquisadora, é responsável pelo conteúdo dos projetos globais e autora dos diários de bordo nas viagens. Heloisa é escritora, autora de três best sellers nacionais e publicou recentemente o livro “Pequeno Segredo”.

PIERRE SCHURMANN

Pierre Schurmann partiu do Brasil com sua família aos 15 anos de idade na circum-navegação “10 Anos no Mar”. Desembarcou nos Estados Unidos para estudar na universidade e, em terra firme, começou sua carreira como corretor no Smith Barney.

Atualmente, é investidor em empresas de tecnologia através da Bossa Nova Investimentos.

DAVID SCHURMANN

Cineasta formado na Nova Zelândia, iniciou sua carreira internacional aos 19 anos de idade como diretor de programa de televisão daquele pais, onde viveu por 6 anos.

Dirigiu filmes longa-metragens, séries para TV e filmes publicitários, conquistando prêmios no Brasil e no exterior. Suas produções já o levaram a filmar em mais de 40 países.

WILHELM SCHURMANN

Aos 7 anos, Wilhelm Schurmann embarcou com sua família para navegar ao redor do mundo. Ele viveu 10 anos no veleiro, onde estudou por correspondência, aprendeu 3 idiomas fluentemente, conheceu mais de 42 países e teve aventuras inesquecíveis.

Aos 10 anos, aprendeu a velejar de windsurfe e – apaixonado pelo esporte – tornou-se atleta profissional, participando de competições em diversos países. Wilhelm conquistou mais de 180 medalhas e troféus nacionais e internacionais em mais de 200 campeonatos, participando de mais de mil regatas.

KAT SCHURMANN

Kat Schurmann nasceu em 1992 na Nova Zelândia. Aos 3 anos, tornou-se a mais jovem marinheira ao ser adotada pela Família Schurmann. Participou da Magalhães Global Adventure dos 5 aos 8 anos, navegando ao redor do mundo e conhecendo 19 países.

Kat faleceu em 29 de maio de 2006, aos 13 anos de idade, devido a complicações decorrentes do vírus HIV, do qual era portadora desde seu nascimento. A pequena e amada marinheira está simbolicamente presente na Expedição Oriente no nome do veleiro Kat, batizado em sua homenagem.

EXPEDIÇÕES DO VELEIRO YASSO

10 Anos no Mar
Magalhães Global Adventure
20 Anos no Mar
Em Busca do Lobo Solitário (U-513)

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.