Artigo/Opinião:Lojistas: aumento da energia elétrica representa perda de competitividade, prejuízos e desempregoIvan Tauffer – Presidente Federação das CDLs de SC

0
131

IvanRobertoTauffer_FernandoWilladino4

Lojistas: aumento da energia elétrica representa perda de competitividade, prejuízos e desemprego
Ivan Tauffer
Presidente
Federação das CDLs de SC

O varejo volta a sofrer com a elevação dos custos da energia elétrica em Santa Catarina, segundo anunciado ontem (terça-feira, 04/08), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O aumento real deste insubstituível insumo compromete gravemente a competitividade do comércio, que tem na Celesc seu único fornecedor. Vale lembrar que a eletricidade pesa fortemente na composição final dos custos do comércio e também na formação do índice inflacionário.

Nos últimos dois anos o Governo Federal anunciou, com indevido alarde, a redução da tarifa da energia elétrica, mas não só não conseguiu sustentá-la como também não investiu na expansão do atual sistema e nada fez para construir matrizes energéticas alternativas. São os consumidores, especialmente no setor produtivo, que pagam pela desorganização e a ineficiência dos mandatários. No comércio, onde as margens de lucro já são muito limitadas, este novo aumento pode significar prejuízo mensal e o imediato fechamento de postos de trabalho.

Poucos são os comerciantes que podem recorrer a meios opcionais, como a instalação de placas fotovoltaicas, o que exige investimento e instalações adequadas, com o retorno apenas em médio prazo.

A Federação das CDLs recomenda aos líderes lojistas que se manifestem publicamente contra esses abusivos aumentos e que orientem os associados a adotarem práticas que permitam a redução de custos de energia em seus estabelecimentos, para evitar maiores perdas.