Angola Cables marca presença na Semana de Vela de Ilhabela

0
139

ilhabela 563

Angola Cables marca presenca
na Semana de Vela de Ilhabela (SP)

Com patrocínio da Angola Cables, Mussulo III marca presença na mais tradicional competição da América Latina. Evento é realizado entre 4 e 11 de julho em Ilhabela (SP)

A embarcação Mussulo III será uma das atrações da 42ª edição da Ilhabela Sailing Week, considerada a competição náutica mais tradicional da América Latina. Vencedora do Refeno (Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha) 2013 e uma das primeiras colocadas no ano passado, participou também da regata internacional Cape Town – Rio 2014, que cruzou o Atlântico. O veleiro competirá em Ilhabela (SP) com uma equipe formada por dez tripulantes, entre eles oito brasileiros e dois angolanos, incluindo o comandante José Guilherme Caldas.

O patrocínio da Angola Cables são bons ventos ao core business da companhia de telecomunicações, que acaba de ancorar no Brasil e tem no país um de seus maiores projetos – o SACS – South Atlantic Cable System, que consiste em conectar os continentes africano e americano, por meio de um cabo de fibra ótica submarino que sairá de Luanda e chegará em Fortaleza, via oceano Atlântico. “A Angola Cables é patrocinadora de esportes náuticos, tanto em Angola como no Brasil. Trata-se de uma modalidade que se encaixa no nosso perfil, na medida em que é por meio de nossos cabos submarinos de fibra óptica, que atravessam oceanos, que pretendemos impactar a vida das pessoas. Somos, como todos os velejadores, movidos a desafios constantes e, por isso, é com entusiasmo que partilhamos o mesmo espírito”, explica o CEO da Angola Cables, António Nunes.

Na competição, a embarcação Mussulo III disputará todas as provas da classe ORC/ IRC, além da Regata Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil, entre 4 e 5 de julho. Os vencedores serão premiados em 7 de julho.

A Ilhabela Sailing Week acontece entre os dias 4 e 11 de julho, no litoral de São Paulo (SP), e já reúne mais de 130 barcos inscritos. O evento deve contar com cinco mil turistas e um impacto de aproximadamente R$ 7 milhões na economia local.

Sobre a Angola Cables:
Angola Cables é uma empresa de telecomunicações, fundada em 2009, tendo como acionistas as principais operadoras de telecomunicações angolanas. A companhia dedica-se à comercialização de capacidade em circuitos internacionais de voz e dados por cabos submarinos de fibra ótica. O mais recente projeto da empresa é a construção de um cabo que vai ligar Angola e Brasil aos Estados Unidos até 2017, o SACS –South Atlantic Cables System. Movida a desafios, a empresa é associada ao projeto Kitabanga, que busca a conservação de tartarugas marinhas, além de apoiar o esporte náutico, por meio do patrocínio a embarcações de vela, como o barco Mussulo III, que está ancorado no Brasil, participando dos principais campeonatos de vela do país