Novo tratamento promete melhorar aspecto das cicatrizes

0
683

A agencia+es

Produto facilita a regeneração da pele e age também em queimaduras e traumas

É praticamente impossível encontrar alguém que não tenha uma cicatriz no corpo. As marcas podem ter sido causadas pelos traumas e acidentes na infância, ou na fase adulta, e também após alguma cirurgia. O que todas têm em comum é o desconforto gerado em quem as carrega, causando constrangimento e muitas vezes comprometendo o convívio social, uma vez que algumas cicatrizes são mais difíceis de esconder e podem chamar a atenção de outras pessoas.
Felizmente, o mercado estético evoluiu muito nos últimos anos e surgiram produtos que podem ajudar a atenuar as marcas no corpo a ponto de se tornarem quase imperceptíveis.
Quem sofre com as cicatrizes, ou tem tendência a formação de queloides em cirurgias, já encontra no mercado o Kelo Cote UV, um gel de silicone transparente e auto-secante, que mantém o equilíbrio hídrico da pele, facilitando a regeneração de cicatrizes causadas por cirurgias, queimaduras ou traumas. O produto vem sendo prescrito pelo Dr. Andy Ern no pós-operatório de pacientes e tem apresentando resultados bastante satisfatórios.
Segundo a administradora da clínica Andy Ern, em Balneário Camboriú, Thalyta Ern, o produto é considerado o “Diamond” do momento por ser uma evolução na proteção às cicatrizes de cirurgias plásticas. Thalyta explica que o Kelo Cote deve ser utilizado para a redução de cicatrizes quando o ferimento estiver completamente seco ou após a remoção das suturas (pontos). “Mesmo que a pele esteja sensível o Kelo Cote é indicado para uso adulto e pediátrico, por possuir fator de proteção UVA, o que ajuda a proteger as cicatrizes dos efeitos nocivos da exposição solar”, afirma Thalyta.
O produto também é indicado para pacientes que fizeram tratamento com luz intensa pulsada, ou laser terapia, principalmente nas mãos, ou áreas que ficam mais expostas ao sol. Por conter silicone e filtro solar em sua formulação, Kelo Cote reduz a irritação causada à pele, principalmente em regiões mais sensíveis.
Segundo Thalyta o ideal é aplicar o produto duas vezes ao dia, 30 minutos antes da exposição solar, por pelo menos dois meses, mas o uso prolongado pode trazer benefícios adicionais.
Embora Kelo Cote não tenha contraindicações, é recomendado evitar a área dos olhos, nariz e boca, não aplicar o produto sobre feridas abertas, ou incisões recentes, nem aplicar sobre a mesma área após utilização de antibióticos tópicos ou outros produtos para a pele.
A administradora da clínica Andy Ern adverte que em menores de seis meses um médico deve ser consultado e que todo tratamento precisa ser acompanhado por um profissional da área. “A indicação de uso é feita somente por um médico”, finaliza Thalyta.

Fonte: Agência A
Post:17/06-08:39