Fimar abre na quarta-feira em Florianópolis

0
146

O propósito da Fimar é unir a tecnologia e o design dos produtos náuticos italianos com a indústria catarinense do setor. Por meio de encontros de negócios, o evento cria a possibilidade de estabelecer parcerias entre empresas, já que Santa Catarina é o segundo pólo náutico do Brasil e a Itália é a maior referência do setor náutico no mundo inteiro devido aos seus produtos de excelência.

Edição: Adilson Pacheco
Fonte:Sabrina Alves/Fimarsc
Post:03/06-12:22

Nesta quinta, dia 4, começa a primeira Fimar – Feira Internacional de Tecnologia, Inovação e Design do Mar Itália-Brasil, em Florianópolis. O evento, que segue até domingo, dia 7, terá exposição de produtos para embarcações, rodadas de negócios e seminários com palestrantes internacionais. A entrada para todos os espaços é gratuita.
O propósito da Fimar é unir a tecnologia e o design dos produtos náuticos italianos com a indústria catarinense do setor. Por meio de encontros de negócios, o evento cria a possibilidade de estabelecer parcerias entre empresas, já que Santa Catarina é o segundo pólo náutico do Brasil e a Itália é a maior referência do setor náutico no mundo inteiro devido aos seus produtos de excelência. Com esse intercâmbio, a tendência é que produção náutica catarinense ganhe novos elementos e seja aperfeiçoada, fomentando a cadeia produtiva e gerando mais oportunidades de emprego e renda.
A capacitação não ficou de fora da programação, que conta com diversos palestrantes nacionais e internacionais. Um dos destaques é a participação da Secretária Geral do European Boat Industry, Mirna Cieniewicz, que será no dia 4, às 18h30, no Centrosul. O European Boat Industry tem sede em Bruxelas (Bélgica) e representa os interesses da indústria náutica europeia. Os seminários e as rodadas de negócios contam com a organização do Sebrae SC.
A Fimar é uma realização da empresa BrazilPlanet, com apoio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Santur,

fimar 21)

Assonautica Italiana, Associação Náutica Catarinense para o Brasil (Acatmar), Prefeitura de Florianópolis, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Santa Catarina (Sebrae/SC), Agência ICE, Unioncamere, Ucina e Ministério do Desenvolvimento Econômico da Itália.

Horário de Funcionamento:
04 e 05 de junho (quinta e sexta-feira): 15h às 21h
06 de junho (sábado): 14h às 21h
07 de junho (domingo): 14h às 20h

Programação de seminários:
Tema: Portos e Logística
Dia 04 de junho, das 15h às 17, Sala Joaquina

A proposta é discutir modelos de gestão portuária e a agilidade na liberação e entrega de mercadorias. Um dos palestrantes é o presidente da Unioncamere (Câmara de Comércio Italiana), Ferrucio Dardanello.

Também estarão presentes representantes do Ministério dos Transportes do Brasil, Ministério dos Transportes da Itália e do Conselho de Ministros do Governo Italiano.

Tema: A indústria e a cadeia produtiva do setor náutico na visão do European Boat Industry
Dia 04, das 18 às 19h30, Sala Joaquina

Um dos destaques da programação da Fimar é a participação da Secretária Geral do European Boat Industry, Mirna Cieniewicz, que vai trazer informações sobre o setor náutico e a visão de desenvolvimento dos países europeus.

O European Boat Industry tem sede em Bruxelas (Bélgica) e representa os interesses da indústria náutica europeia.

Tema: Pesca Industrial e Esportiva e Maricultura
Dia 05 de junho, das 15h às 17h30, Sala Joaquina

Representantes da Federação Nacional das Empresas de Pesca da Itália (Federpesca) participarão deste seminário, com o propósito de debater questões relacionadas à pesca no Brasil e na Itália. Entre os palestrantes estarão o vice-presidente da Federpesca, Luigi Giannini, o pesquisador da Epagri/CEDAP, Alex Alves do Santos e o representante da Anep, Marcelo Claro.

Tema: Tendências globais do Turismo Náutico – Projeto Cambusa
Dia 05 de junho, das 18h às 19h30, Sala Joaquina

A Assonautica Italiana vai trazer ao público as informações sobre o Projeto Cambusa, que consiste na promoção e divulgação de produtos locais, como vinhos e doces, típicos de determinados territórios italianos. Entre outros palestrantes, estarão o presidente da Assonáutica, Alfredo Malcarne e o secretário-geral da entidade, Matteo Dusconi.