Fórum debate os rumos da educação catarinense

0
96

verdf

Google abordou a evolução das tecnologias educacionais no evento promovido pela Undime
O ensino continuado, os desafios da hora atividade, os planos Nacional, Estadual e Municipal de Educação e a evolução tecnológica-educacional foram alguns temas debatidos no 15º Fórum Ordinário da União dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina (Undime/SC), encerrado ontem (29), em Florianópolis. Mais de 200 pessoas, representando 100 municípios, participaram do evento que teve como tema norteador ‘Concepções e Conexões Educacionais’ e foi direcionado aos secretários municipais de educação de todo o estado, assim como membros da equipe pedagógica das respectivas secretarias.
A evolução do processo de ensino impulsionada pela tecnologia, os benefícios da plataforma Google for Education e as ferramentas disponíveis para tornar essa prática mais fácil, interativa e divertida para alunos e professores foram abordados na palestra de Alexandre Campos, gerente dos canais de educação da Google no Brasil. A multinacional subsidiará mais de R$ 400 milhões em projetos educacionais no estado, que serão implementados pela empresa catarinense Qi Network. “Os alunos já nasceram em uma realidade digital, mas a tecnologia ainda precisa ser desmistificada por grande parte dos professores”, alerta Rômulo Martins, sócio da Qi Network.
Segundo Martins, utilizar o computador em sala de aula é o menor dos desafios dos docentes. O grande estímulo é descobrir como utilizar as ferramentas para tornar a aula mais envolvente, criativa, inteligente e que realmente motive os alunos. “Com os aplicativos do Google – Gmail, Docs, Hangout, Agenda etc – é possível melhorar o ensino e a aprendizagem nas escolas. E teremos um país melhor no momento em que as novas gerações tiverem acesso a uma educação de excelência”, garante.