Volvo Ocean Race: Passagem até que rápida pelos Doldrums

0
165

vor 23Região hemisférica com ventos predominantemente fracos não foi problema para as equipes. Quatro barcos se revezam na liderança da sexta etapa da Volvo Ocean Race
Post:29/04-1201

Não foi ruim dessa vez! A passagem pelos Doldrums – região de ventos inconstantes entre os hemisférios – foi mais tranquila do que nas outras edições na sexta etapa da Volta ao Mundo. Os barcos que lideram a Volvo Ocean Race conseguiram pegar boas rajadas e avançar rumo aos Estados Unidos, destino final Newport. Não ficaram boiando e nem esperando por um sopro. “Normalmente os Doldrums tiram o nosso sono, mas dessa vez não! Teve vento o tempo todo e cruzamos bem essa região. É o momento de tomar, pois está chovendo bastante”, contou o brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca, tripulante do MAPFRE na Volvo Ocean Race. “Os barcos mudam de posição a todo instante. Isso faz parte do jogo. Quem está atrás acelera bastante”.
A mudança de posição é constante mesmo. No placar da manhã desta quarta-feira (29), Dongfeng Race Team, Abu Dhabi Ocean Racing, Team Brunel e MAPFRE estão tecnicamente empatados. Team Alvimedica e Team SCA estão um pouco mais distantes.
Líderes da classificação geral, os árabes do Abu Dhabi querem se manter no meio do pelotão. “Todo mundo está velejando junto. Agora temos de saber como gerenciar as melhores equipes e manter o barco no ritmo”, disse Matt Knighton, repórter a bordo do barco árabe.
Os barcos devem chegar entre 6 e 8 de maio a Newport, Rhode Island. A sexta etapa começou no dia 19 de abril, largando de Itajaí, em Santa Catarina.