ItajaíStopover: Visitantes podem tirar foto com o troféu original da VOR

0
121

jocsa

Troféu será entregue em julho, na Suécia, ao vencedor da regata. O nome do maior medalhista brasileiro – Torben Grael está gravado no cobiçado troféu.

Uma honraria somente para quem vistar a Vila da da Regata – pegar troféu, de quase 9 kg e 70 cm de alturacque será entregue ao skipper(capitão) do barco vencedor em Gotemburgo, Suécia, que é parada final da regata volta ao mundo.Feito de alumínio e bandeja de prata. Com 12 anéis em forma de onda, representa as 12 edições da competição, que iniciou em 1973 – e para nós brasileiro um orgullho verde-amarelo: ali este inscrito o nome do velejador Torben Grael.
Grael, foi o comandante da equipe sueca Ericsson 4 na regata volta ao mundo 2008/2009, com partida em outubro de 2008 de Alicante, Espanha e chegada em São Petersburgo em 27 de junho de 2009. Durante a primeira perna da regata estabeleceu novo recorde de distância percorrida, quebrando pela primeira vez a marca de 600 milhas (mais de 1100 km) em 24 horas.1 e chegando em primeiro à Cidade do Cabo. O Ericsson 4 foi o vencedor geral da competição.
Vida levado ao extremo: Os velejadores que participam da Volvo Ocean Race enfrentam grandes desafios, percorrem quase 72 mil quilômetros, com paradas em 11 portos localizados em diferentes países da Europa, Ásia, África, Oceania e Américas. Sete equipes lutam pela glória de vencer e conquistar o troféu da Volvo Ocean Race 2014-2015. Mas, para ter uma foto exclusiva segurando o troféu original, você não é precisa ficar quase 10 meses em alto mar enfrentando dificuldades.
A Volvo Ocean Race oferece, gratuitamente, a atração “Leaderbord and Trophy”, onde os visitantes podem tirar foto com o troféu oficial que será entregue à equipe vencedora, em julho. No local, a foto pode ser personalizada com imagens originais da competição, ilustrando a presença do visitante no barco. A foto é enviada via e-mail logo após ser editada. A atração, como as demais presentes na Vila, é gratuita.
O troféu, de quase 9 kg e 70 cm de altura, é feito de alumínio e bandeja de prata. Com 12 anéis em forma de onda, representa as 12 edições da competição, que iniciou em 1973. Onze anéis têm gravados o ano, rota, nome do capitão e da equipe vencedora das últimas edições. A cada nova edição, um novo anel é inserido com as informações atualizadas. O 12º anel será gravado no final desta competição em julho deste ano, em Gotemburgo, Suécia.
Não há recursos financeiros para o vencedor desta competição de 38,739 milhas náuticas percorridas ao redor do mundo, mas o troféu da Volvo Ocean Race simboliza a glória de ganhar o desafio mais extremo do mundo dos esportes. Apenas a partição na corrida representa uma enorme realização, com o sucesso que significa para aqueles que conseguiram passar pelas dificuldades.

Entrevista com Joca Signorini – técnico do barco SCA. A entrevista foi realizada em 2012 – quando fazia parte do time do barco espanhol Telefónica.

-Regata News – Não se ganha nennhum prêmio. Onde o fica “boom”
– Joca Signorini- Como assim? hehe. Eu tenho um lindo troféu em forma de globo inscrito campeão e outro 3º lugar na Volvo Ocean Race! Um medalhista olímpico ou um jogador de futebol campeão da copa do mundo também não trocam às suas medalhas por nada também! hehe