Itajaí Stopover: Estaleiro da Sustentabilidade é uma das atrações culturais da Volvo Ocean Race em Santa Catarina

0
127

Rota 1Estaleiro da Sustentabilidade é uma das atrações culturais da Volvo Ocean Race em Santa Catarina
Edição_ Adilson Pacheco
Fonte:Larissa Andrade/Rotas Comunicação
Post: 31/03-09:41

De 3 a 19 de abril crianças e jovens participarão de oficinas, workshops e da formação de líderes sustentáveis na Vila da Regata do Itajaí Stopover. Amyr Klink e Izabel Pimentel são alguns nomes já confirmados dentro do programa.

Março, 2015 – Estaleiro, embarcadouro, alto mar, deriva, tormenta e volta ao mundo. Através de metáforas ligadas ao mundo da navegação serão ministradas oficinas, workshops e formações de líderes sustentáveis a crianças e jovens que passarem pela Vila da Regata do Itajaí Stopover – parada brasileira da 12ª Volvo Ocean Race – durante o período de 3 a 19 de abril. O projeto chamado de “Estaleiro da Sustentabilidade” deve atender mais de 3 mil pessoas e é desenvolvido pela Agência Brasileira de Inovação e Sustentabilidade (ABIS) em parceria com a Quíron Educação.
O Estaleiro da Sustentabilidade está sendo montado em antigos containers de transportes marítimos que já tiveram sua vida útil esgotada. O ambiente interno será composto por mesas feitas com catracas; a iluminação escolhida é a fria devido à economia de luz e os lustres são de material ecológico.
“Trazer nosso projeto para dentro da Volvo Ocean Race é uma grande conquista. Acreditamos que as características de um velejador estão ligadas a de um líder sustentável entre elas: inovar e criar dentro das dificuldades, lidar com as incertezas, gerir recursos e pessoas e, principalmente, ser ético e responsável”, explica o diretor de inovação e estratégia de negócios da ABIS Daniel Isfer Zardo.
A partir dessas semelhanças foram desenvolvidos os projetos para crianças e jovens. Conheça a seguir a programação desenvolvida:

Oficinas para crianças de 4 a 12 anos serão abertas ao público

As oficinas para as crianças serão de curta duração, mas com mensagens impactantes. De 30 a 45 minutos, os pequenos farão a “Volta ao Mundo” onde será apresentada a realidade do mundo atual e projeções do que pode acontecer caso não ocorra uma mudança de atitude. A partir disso, elas serão desafiadas a encontrar soluções práticas para a resolução desses problemas e maneiras de incorporá-las ao cotidiano. As atividades serão realizadas através de histórias e muitas brincadeiras interativas.
“As crianças são a base para a mudança de comportamento da sociedade. Através do trabalho desenvolvido é possível formar cidadãos mais conscientes, capazes de se preocuparem não apenas com si mesmos, mas com todo o entorno”, explica Zardo.

As oficinas serão realizadas de segunda a sexta-feira das 14 às 17 horas. E nos finais de semana em horários alternados com os workshops.

Formação de jovens líderes sustentáveis

Ao contrário do trabalho desenvolvido com as crianças, o processo de formação de jovens líderes sustentáveis será restrito. Estão em processo de seleção 50 jovens de 15 a 21 anos das cidades de Itajaí, Navegantes, Balneário Camboriú e Camboriú que já atuam em organizações locais focadas em trabalhos voltados à comunidade.
“Nosso objetivo é transformar a vida dos jovens, e para isso fazemos um processo de seleção bastante criterioso para identificação de possíveis talentos. Isso se faz necessário porque nosso processo é seleto e focado no desenvolvimento de habilidades e competências humanas capazes de criar líderes sustentáveis independentemente da área de atuação”, destaca Zardo.

Para a etapa da Volvo Ocean Race serão mais de 50 horas de trabalho, de segunda a sexta-feira, das 18 às 21 horas.
Entre os desafios que serão propostos aos participantes, estão programadas participações especiais de personalidades do mundo náutico como Amyr Klink e Izabela Pimentel.
“Queremos promover a troca de experiências entre gerações, trazer sugestões e dicas de caminhos com que esses jovens poderão atuar além de capacitá-los para serem agentes de mudança em suas comunidades. Despertá-los a terem um comportamento cada vez mais protagonista na transformação de seus espaços e ambientes”, comenta o diretor de expansão da Quíron Educação João Bruno Mansor Soares.
Após o curso, os alunos receberão certificados e poderão contar com o suporte da ABIS e da Quíron para o desenvolvimento de projetos a médio e longo prazos.
“O Estaleiro da Sustentabilidade é um exemplo prático de que grandes eventos esportivos podem ser também oportunidades de transformação e impacto positivo nas realidades por onde passam. Com ele deixaremos muito mais que o desenvolvimento turístico e econômico para a região, queremos deixar um legado de formação para a população local”, reforça Soares.

Finais de semana com programação especial
Durante os três finais de semana do evento, estarão abertas ao público oficinas e workshops que contarão com a participação de outras organizações sociais e empresários de destaque. Os interessados em participar devem se dirigir até o Estaleiro da Sustentabilidade e se inscrever com antecedência porque as vagas são limitadas.
A iniciativa conta a apresentação do empreendimento Bravíssima, patrocínio da Total Storage, Boulle, Office Art, Studio Be Bold, Ambiência, Blindex e Smart Glass e o apoio da Cartrom, Amerco, Frigemar, Vip Boat e Kinder.