Entrevista: Izabel Pimentel: primeira mulher da América Latina a completar uma Volta ao Mundo

1
460

Exclusiva:
Izabel Pimentel: primeira mulher da América Latina a completar uma Volta ao Mundo

Adilson Pacheco
Editor

“Levo o leme horas e a noite desligo e durmo. Ando triste. Muito tempo pensando. Saudades da Mimi, do namorado bravo, mas querido; do colo da mãe, do abraço do pai e dos amigos. Ando cansada. Foi uma história difícil, principalmente em terra. Acho que to com medo de chegar. Me pego novamente chorando. Observo o mar e o DON. Meus companheiros. Tantas histórias.Bom, preciso voltar ao leme. Meu corpo já sente. Mas vou chegar na hora marcada. Que a paciência e a força me levem ao museu. Chego ao meio dia de sábado, dia 1 de março. Beijos.” Relato de Izabel Pimentel em uma de suas jornadas de navegadora.

“Os livros já chegaram da gráfica” afirma Izabel Pimentel. Pois bem, Izabel é a primeira mulher da América Latina a completar uma Volta ao Mundo em uma navegação solitária, em outras palavras, atravessando os mares e seus desafios sozinha. Sua maior proeza foi de a cruzar o Oceano Atlântico em solitário, uma viagem que durou 42 dias e 6 horas. Ela partiu no dia 10 de Julho de Cascais, Portugal e chegou a Fortaleza, Brasil no dia 21 de Agosto às 22h. Pimentel velejou em um Mini-transat de 21 pés (6,5 metros) e, no total, ela percorreu 5.300 milhas (9.500 km). Para deixar um registro para história náutica, ela estará lançando seu novo livro, “Aguas Vermelhas”. A velejadora tem mais de 66 000 milhas navegadas em solitário.
Em sua façanha náutica solitária passou, três mais temidos cabos: Cabo da Boa Esperança, Cabo Leeuwin e Cabo Horn. Com um barco de 21 pés fez duas travessias Brasil-França e três travessias França-Brasil, em solitário, em uma navegação só. Em seu histórico de prozas consta ainda a primeira brasileira a participar da regata Transat 6.50, Regata de veleiros de 21 pés da França ao Brasil.
Izabel nasceu no Mato Grosso do Sul. Trabalhou por muitos anos como Analista de Sistemas e hoje só vive do mar e no mar: velejadora. Possuí 5 livros publicados e neste mês de março lança mais uma obra. Bom, Izabel deu uma parada em suas atividades náuticas para conceder esta entrevista exclusiva ao REGATA News.

Regata News – Quanto tempo levou para programar esta viagem de volta ao mundo?
Izabel Pimentel – 30 anos rsrs, mas em novembro de 2012 comprei o Don meu barco. E em 28 de agosto de 2013 parti. Eu preparei todo o barco desde pintura até eletrônicos.

“só amor explica essa viagem”.

Regata News – O que fazia antes de entrar neste projeto?
Izabel- Desde 2006 eu só navego. Era antes analista de sistemas

fotos  pagina 7

Regata News – Como é a sensação de estar sozinha em pleno mar e sabendo que tem uma meta a ser cumprida?
Izabel – Linda! Eu amo estar lá e só amor explica essa viagem.

Regata News – Hoje, com esta ousada viagem, o que mudou em sua vida profissional?
Izabel – Cheguei em dezembro na França, tive que voar rápido para o Brasil, pois meu pai estava muito doente. Não tive tempo pra nada

Regata News- Você lança seu livro em março – qual é objetivo obra?
Izabel – Contar essa paixão

Tem previsão de outro projeto de volta ao mundo?
Izabel – Agora o rumo é o Triangulo Polinésio, via canal de Bering,

Izabel; “Levo o leme horas e a noite desligo e durmo”

Regata News-Depois de uma longa jornada desta como é – este retorno ao dia-a-dia. Tenho percebido que parece que vocês velejadores – passam gostar mais do mar?

Izabel – Difícil, minha vida está lá, mas às vezes precisamos parar. Hoje li na net ” uma mãe cuida de dez filhos, mas dez filhos não conseguem cuidar de uma mãe” Vivendo um momento família.