Itajaí foi eleita a 14ª com melhor custo-benefício. Florianópolis ficou em 9ª e Balneário Camboriú 21ª

0
164
Itajaí foi eleita a 14ª com melhor custo-benefício. Florianópolis ficou em 9ª e Balneário Camboriú 21ª

Estudo aponta Itajaí entre os destinos turísticos com melhor custo-benefício do Brasil
Cidade foi uma das únicas representantes catarinenses no topo do ranking

Entre todas as cidades com vocação turística ao longo do litoral brasileiro, Itajaí foi eleita a 14ª com melhor custo-benefício. Isso é o que indica um estudo que ouviu mais de 140 milhões de visitantes vindos de todas as partes do mundo e que levou em conta o valor médio das diárias gastas e o nível de satisfação dos turistas. Florianópolis (9ª) e Balneário Camboriú (21ª) foram as outras duas representantes catarinenses a figurar entre as principais da lista. O ranking será usado para compor um guia turístico da costa brasileira.
A pesquisa, feita pela empresa alemã especializada no mapeamento de destinos turísticos Trivago, destacou 23 cidades brasileiras que se encaixam em critérios de custo-benefício e passam a ser as mais recomendadas para quem deseja aproveitar a região de praias sem gastar muito. O estudo apontou que o custo médio diário na hospedagem de duas pessoas gira em torno de R$ 218 em Itajaí. Na cidade vizinha, Balneário Camboriú, o valor desembolsado é de R$ 52 a mais. Outro item avaliado foi a qualidade no atendimento oferecido aos turistas.
Para que uma cidade entrasse na classificação do ranking, a pesquisa estabeleceu um preço médio de R$ 300 em uma diária para duas pessoas (cidades onde o valor médio fosse maior do que isso não entraram na contagem). Elas também deveriam ter, pelo menos, 15 hotéis e terem sido analisadas por 60 visitantes no mínimo. Por fim, foi calculada a média das avaliações para cada destino, numa escala de 0 a 100, que determinou a classificação final.
Santa Catarina é o segundo do ranking dos estados, empatado com a Bahia e atrás apenas do Ceará. As cidades catarinenses que garantiram a boa colocação são Florianópolis, Itajaí e Balneário Camboriú. Entre as três, Itajaí foi a que teve o menor custo, em torno de R$ 218. Florianópolis, no entanto, ficou cinco posições acima na classificação das cidades por conta dos outros critérios da pesquisa, mesmo tendo uma média de custo diário de R$ 260.
A listagem completa das cidades brasileiras irá compor um guia turístico da empresa que realizou a pesquisa