A cidade de Itajaí está crescendo de forma significativa no mercado náutico”Davide Breviglieri – CEO da Azimut do Brasil:

10
339

A cidade de Itajaí está crescendo de forma significativa no mercado náutico e isso demonstra a visão do poder público junto à iniciativa privada em um ramo de grande desenvolvimento econômico. Este também é outra razão que motivou a instalação nesta cidade e, por isso, está realizando fortes investimentos

Azimut 42, primeiro modelo fabricado exclusivamente em território nacional, foi lançado ao público nacional com exposição em vaga seca durante o São Paulo Boat Show em setembro. O primeiro modelo de iate de 42 pés fabricado pela filial brasileira, situada no bairro Cordeiros na cidade de Itajaí, da Azimut Yachts “Trata-se de um novíssimo modelo da Coleção Flybridge, unicamente fabricado no Brasil, que reúne as inovações da marca Azimut Yachts na composição dos espaços exteriores e interiores em uma embarcação de quase 13 metros. Atende às necessidades dos brasileiros desde os iniciantes no ramo náutico até os mais experientes que desejam ter um iate mais acessível e de alta qualidade”, explica o diretor comercial da Azimut Yachts do Brasil Francesco Caputo.
REGATA NEWS realizou uma entrevista com Davide Breviglieri – CEO da Azimut do Brasil.

Adilson Pacheco
Editor

REGATA NEWS – A Azimut optou por uma cidade brasileira, Itajaí, para implantar sua primeira fabrica no continente americano. O que levou o senhor escolher a cidade de Itajaí?
Davide Breviglieri – -Santa Catarina está entre os principais polos náuticos do país. Tem grande potencial para navegação. Itajaí tem adequada infraestrutura portuária e logística e potencial em mão de obra para treinamentos e profissionalização no setor náutico, o que nos permite desenvolver nossas operações com maior eficácia.

REGATA NEWS – Hoje Itajaí e sede de regatas internacionais. Sediou em 2012 uma edição da Volvo Ocean Race, volta sediar mais uma edição em 2015. A cidade recebeu também a regata francesa recebeu a Transat Jacques Vabre. Mas temos visto a participação Grupo Azimut-Benetti?
Davide – A cidade de Itajaí está crescendo de forma significativa no mercado náutico e isso demonstra a visão do poder público junto à iniciativa privada em um ramo de grande desenvolvimento econômico. Este também é outra razão que motivou a instalação nesta cidade e, por isso, está realizando fortes investimentos. A unidade brasileira do Grupo Azimut-Benetti é uma empresa sólida, mas ao mesmo tempo jovem – com pouco mais de 2 anos de funcionamento. Nossas ações, inicialmente, têm sido bastante dirigidas baseadas em um planejamento. A princípio, nosso foco tem sido o desenvolvimento da fábrica em si e na produção de nossos modelos com a mesma excelência e padrão italiano – tanto que recentemente nos transferimos para um galpão 3 vezes maior do que o anterior amplamente estruturado, uma área de 16 mil m2. Hoje participamos de eventos pontuais, contudo, isso não quer dizer que futuramente não integraremos nossa marca nas grandes regatas que a cidade recebe. Mas o Grupo, com mais de 40 anos de experiência no mercado prefere um desenvolvimento gradativo e consolidado.

REGATA NEWS – Esta ausência da Azimut-Benetti é decorrência de Itajaí não ser uma cidade forte nos eventos náuticos a exemplo do Rio Boat Show – ou a empresa busca para apresentar e vender seus yates somente em eventos de grande porte e já consolidado.
Davide – De maneira alguma, entendemos que as regatas que Itajaí recebe têm uma grande força no mercado nacional. Contudo, inicialmente, a nossa participação no Rio e São Paulo Boat Shows se deve por alguns fatores:
1.

Davide Breviglieri – CEO da Azimut do Brasil.
Davide Breviglieri – CEO da Azimut do Brasil.
São Paulo e Rio de Janeiro ainda concentram grande parte dos nossos clientes, apesar do crescimento de público do sul do país.
2. O SP e RJ boat shows são direcionados exclusivamente ao mercado de iates, ou seja, recebe pessoas interessadas em compra ou troca de embarcações a motor essencialmente.
3. Já em regatas o público é mais direcionado a este foco, mas, claro, também recebe interessados em embarcações a motor só que com menos expressividade já que tem outro direcionamento.
Como disse na resposta anterior, gradativamente, pretendemos ampliar nosso leque de participações e, possivelmente, dependendo das propostas, incluir a marca Azimut Yachts nesses eventos.

REGATA NEWS –Afinal, valeu a pena investir quase 400 milhões em uma empresa italiana no Brasil?
Davide -Todos os investimentos realizados pelo Grupo Azimut-Benetti no Brasil valeram a pena, porque são baseados em um estudo criterioso e em planejamento a longo prazo. Além disso, os brasileiros são muitos sensíveis ao design, conforto, tecnologia, desempenho e ao alto padrão oferecido pela marca.
….
REGATA NEWS – Voltando ao tema da ausência do Grupo Azimut Benettiem eventos na cidade de Itajaí, sua empresa vai estar participando para em Itajaí da Volvo Ocean Race ou este tipo de mercado esportivo náutico não interessa a empresa?
Davide – – A Volvo Ocean Race é a maior regata volta ao mundo, é um evento muito tradicional e bastante respeitado mundialmente. Sem dúvidas é de nosso interesse expor nossa marca em um evento desse gênero. Contudo, levamos muito em conta a forma de participação. Somos uma empresa que traz em seu DNA luxo e alto padrão em todos os detalhes. Por isso, em cada evento que participamos, analisamos não apenas os investimentos de participação mas toda a infraestrutura necessária para que possamos receber nossos convidados, clientes e amantes da navegação ao padrão Azimut. Dessa forma, estudaremos a participação.

REGATA NESWS – Davide – Volvo Ocean Race é um case que senhor não participa. E questão de concorrência ou não é um público de seu interesse.
Davide – Apesar de não ser um evento direcionado a barcos a motor, é sem sombra de dúvidas um evento muito interessante. Como respondi anteriormente, estudaremos a nossa participação.

REGATA NESWS – Quanto se faturou em vendas de yates no Brasil e qual é a estimativa de vendas para este ano de 2014.
Davide- O ano iniciou com bom movimento em vendas e em produção de novos iates da marca Azimut fabricados na unidade do Brasil. A estimativa é que até setembro, quando finalizar o ano náutico, haja um crescimento de 50% no volume de vendas em relação à temporada anterior e 80% de aumento em termos de dimensões de barcos a motor de luxo.

REGATA NEWS – O jogador Neymar comprou um yate Azimut-Benetti quando uma celebridade compra um iate cresce o número de procura por outras e ajuda no incremento do marketing da empresa ou é mais um venda e ponto final?
Davide – -Todos os clientes Azimut são pessoas de grande renome e atuam nos diversos segmentos, incluindo diversas celebridades. O Grupo Azimut-Benetti respeita muito a privacidade dos proprietários e não atrela nomes para o fortalecimento do marketing. Nossos produtos são de extrema qualidade e pessoas exigentes, assim como o Neymar, entendem esse padrão e são muito bem assessorados no momento da compra.

REGATA NEWS –- O mercado mundial náutico vem crescendo, mas se observa que os yates continuam com valores altos para ser comprado. Veremos algum dia um yate a custo mais baixo?
Davide – Trabalhamos com produtos de alto luxo para um perfil muito distinto de público. A questão não é ser caro ou barato mas sim se vale o investimento.

REGATA NESWS –. No Brasil, na filial brasileira já foram produzidos quantos barcos e que tipo se produz lá. Para 204 algum lançamento novo?
Davide – Tivemos um número bastante satisfatório de barcos produzidos nacionalmente. Hoje fabricamos os modelos Azimut 43, Azimut 48, Azimut 60 e Azimut 70 da coleção Flybridge e até o final do ano divulgaremos um novo modelo que começará a ser produzido em terras brasileiras. Já a Azimut Yachts, mundialmente falando, além da coleção Flybridge, concentra as coleções: Atlantis, Magellano, S, e Grande, e oferece a mais extensa gama de iates entre 34 a 120 pés.

REGATA NEWS- O senhor tem novos projetos para ser implantado no Brasil?
Davide – -Sim, entre os projetos posso citar a própria ampliação da fábrica brasileira, a futura instalação de centros de serviço e assistência técnica no Rio de Janeiro, em São Paulo e aqui em Santa Catarina. Trouxemos recentemente da Itália, um dos mais renomados profissionais de pós-vendas e serviços que agora passa a gerenciar toda a equipe desse setor, esta, que já atua e atende as necessidades de nossos clientes. Temos projetos voltados a treinamentos para a tripulação, realização de encontros específicos com nossos clientes, além de lançamento de novos modelos.

REGATA NESWS: Em 2014 quais foram os novos lançamento de projeção mundial?
Davide – No verão europeu, o Grupo Azimut-Benetti sempre lança novas embarcações ao mercado mundial. Entre as mais recentes e, inclusive, premiadas da marca Azimut Yachts são: Azimut 80, Azimut Magellano 76 e Azimut Atlantis 50 – belíssimos iates com características distintas. Já no Brasil, nossa novidade é a Azimut 70, a primeira unidade fabricada em solo brasileiro começa a navegar a partir de março deste ano.

REGATA NEWS –. Sua empresa é uma das primeiras do ranking de modernidade, luxo, conforto é difícil manter esta padrão diante de um mercado tão concorrente e competitivo?
Davide – Acreditamos que a competitividade é muito saudável já que fortalece sempre a qualidade do produto oferecido. A Azimut Yachts tem um perfil muito distinto e exclusivo e felizmente, temos conquistado grande aceitação no mercado brasileiro.
….
REGATA NEWS – O grupo hoje esta em quantos países?
Davide – A sede fica na Itália. Com 70 concessionários em 138 escritórios distribuídos em 68 países, o Grupo Azimut-Benetti concentra a mais qualificada e extensa rede de vendas do setor náutico do mundo.

REGATA NEWS – O crescimento de Marinas no mundo e em especial na região de Itajaí, Balneário Camboriú contribuiu para o aumento da vendas de yates.
Davide – Desde a instalação da fábrica em 2010, não houve um crescimento em números de marinas nesta região, mas existem excelentes projetos que esperamos serem concluídos em breve porque, sem dúvidas, as marinas e suas estruturas fortalecem muito o mercado náutico e a Azimut do Brasil está à inteira disposição para, através de sua vasta experiência, dar suporte no que for necessário no sentido de contribuir para essa evolução.

REGATA NEWS – Uma das novidades do mercado da construção civil e construir edifícios nas margens de rios já com marinas. Como o senhor avalia este mercado.
Davide – – Sim, com certeza é um mercado muito promissor para a construção civil e reflete também no desenvolvimento do mercado náutico. Ter um apartamento de alto padrão em frente ao rio em um local turístico e excelente para navegação, e ter seu barco em uma vaga dentro do próprio empreendimento é, sem dúvidas, um conforto e uma segurança que vai de encontro às necessidades do perfil de clientes Azimut.

10 COMENTÁRIOS

  1. I just want to mention I am just newbie to blogs and actually enjoyed you’re website. Most likely I’m want to bookmark your blog post . You definitely come with beneficial well written articles. Thanks a lot for sharing your webpage.

  2. I just want to tell you that I am beginner to blogs and truly liked your page. Probably I’m going to bookmark your website . You really have impressive stories. With thanks for sharing with us your web site.

  3. I just want to mention I am just new to blogging and site-building and really enjoyed this blog site. Most likely I’m planning to bookmark your website . You amazingly have really good article content. Thanks a lot for sharing with us your website.

  4. Hey there. I discovered your blog by means of Google at the same time as searching for a related matter, your web site came up. It seems to be good. I have bookmarked it in my google bookmarks to visit then.

  5. I simply want to tell you that I am just newbie to blogging and seriously savored your website. Probably I’m want to bookmark your site . You definitely have wonderful posts. Thanks a lot for sharing with us your website page.

Comments are closed.